A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Copa deve gerar 593 oportunidades de negócios no Recife

Encontro promovido pelo Sebrae na capital de Pernambuco destaca oito setores propícios para investimentos

Brasília - Cidade-sede da Copa do Mundo, Recife tem muito mais a oferecer do que belas praias e uma efervescente vida cultural para quem quer investir e lucrar com o evento. Estudo encomendado pelo Sebrae à Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que o mundial deve gerar 593 oportunidades de negócios em oito setores: tecnologia da informação, têxtil e vestuário, turismo, produção associada ao turismo, comércio varejista, agronegócios, serviços e construção civil. Os números foram apresentados nesta terça-feira (26), durante o Encontro Sebrae de Negócios – Oportunidades para 2014, no Centro Empresarial do Recife.

A capital pernambucana será a quinta cidade-sede a receber o evento, que já passou pelo Rio de Janeiro, Brasília, Cuiabá e Natal. A iniciativa faz parte do Programa Sebrae 2014, que, além de discutir as perspectivas de negócios, pretende identificar os requisitos e estratégias necessários para que as empresas possam aproveitar as oportunidades. A proposta é aproximar quem demanda e oferta  produtos e serviços antes, durante e após a realização do campeonato.

“Estes encontros fazem parte da estratégia do Sebrae para preparar as micro e pequenas empresas para a realização da Copa do Mundo. Além de identificar as oportunidades que serão geradas pelo evento, queremos também que a Copa do Mundo deixe um legado de desenvolvimento, tornando os pequenos negócios ainda mais competitivos”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

Durante o evento, será realizada uma palestra sobre as estratégias do Sistema Sebrae para o programa, com a participação de autoridades locais e nacionais. Logo após, os participantes serão divididos em oito salas, sendo sete para os setores que irão gerar oportunidades e uma destinada ao Empreendedor Individual.

“Apresentaremos também o resultado do mapeamento de oportunidades elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para cada setor, bem como a estratégia do Sebrae em Pernambuco para cada segmento”, revela o coordenador estadual do programa, Oswaldo Ramos. No evento, também será lançado o concurso cultural ‘Pernambuco, uma paixão por futebol’, destinado a artistas plásticos (pintura e escultura), artesãos e fotógrafos.

Segundo o coordenador estadual, o desafio está em aproveitar ao máximo o ambiente favorável à geração de oportunidades e negócios. “A realização da Copa 2014 deve ser entendida como um fato econômico relevante, que impactará na antecipação de investimentos de infraestrutura e robustos programas de capacitação para setores estratégicos do nosso estado”, afirma.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também