• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

TIM tem lucro líquido normalizado de R$ 419 mi no 1º tri, alta de 51,2%

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) normalizado atingiu R$ 2,1 bilhões no período, avanço de 5,1% na mesma base de comparação anual
Tim: O pós-pago móvel subiu 8,2% na comparação anual (Bloomberg/Alessia Pierdomenico)
Tim: O pós-pago móvel subiu 8,2% na comparação anual (Bloomberg/Alessia Pierdomenico)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 04/05/2022 06:42 | Última atualização em 04/05/2022 08:27Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A TIM Brasil obteve lucro líquido normalizado de R$ 419 milhões no primeiro trimestre de 2022, avanço de 51,2% em relação ao mesmo intervalo de 2021, de acordo com balanço publicado nesta terça-feira, 3.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) normalizado atingiu R$ 2,1 bilhões no período, avanço de 5,1% na mesma base de comparação anual. A margem Ebitda oscilou 1,6 ponto porcentual para baixo, chegando a 44 9%.

A receita líquida cresceu 8,9% entre janeiro e março, totalizando R$ 4,727 bilhões. Segundo release da companhia, esse resultado se deve "a receita de Serviços Móveis (8,6% a/a) que foi a principal alavanca e apresentou uma forte performance em todos os segmentos".

LEIA TAMBÉM: Agrishow 2022: TIM fecha parceria para levar 4G a fazenda gigante no Pará

O pós-pago móvel subiu 8,2% na comparação anual. Já o pré-pago móvel voltou a ficar positivo, com alta de 3,2% e a plataforma de clientes mais que dobrou de tamanho, com avanço de 107%. Neste contexto, apenas a Receita de Interconexão (ITX) apresentou queda de 17,4% a/a, com a redução do tráfego entrante.

De janeiro a março, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 248 milhões, uma piora de aproximadamente R$ 23 milhões na comparação anual, informa a TIM, no demonstrativo financeiro que acompanha o resultado. A diferença, segundo a operadora, reflete principalmente, o resultado líquido entre maior receita e maior despesa financeira.

A TIM fechou o primeiro trimestre de 2022 com dívida líquida de R$ 5,88 bilhões e uma alavancagem (medida pela relação entre dívida líquida e Ebitda) de 0,7x.

LEIA TAMBÉM: TIM (TIMS3) prevê até R$ 19 bi em sinergias com Oi (OIBR3)