Negócios

Sinergias com compra da Seara superam estimativa inicial

JBS vem capturando sinergias com a inclusão da Seara que estão superiores ao estimado inicialmente


	JBS: compra da Seara, divisão de aves, suínos e processados da Marfrig Alimentos, foi concluída pela JBS em setembro
 (Divulgação)

JBS: compra da Seara, divisão de aves, suínos e processados da Marfrig Alimentos, foi concluída pela JBS em setembro (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de março de 2014 às 12h10.

São Paulo - A JBS, maior processadora de carnes do mundo, vem capturando sinergias com a inclusão da Seara que estão superiores ao estimado inicialmente, disse o presidente executivo da companhia nesta terça-feira.

A compra da Seara, divisão de aves, suínos e processados da Marfrig Alimentos, foi concluída pela JBS em setembro e apareceu integralmente no resultado da companhia no último trimestre do ano passado.

A operação envolveu a assunção de dívidas de quase 6 bilhões de reais da Marfrig pela JBS, e a expectativa de sinergias com a incorporação da companhia era de 1,2 bilhão de reais em 2014.

"Posso antecipar que os resultados estão vindo, e as sinergias estão sendo capturadas superiores ao que nós estimamos no começo... Está vindo numa trajetória super positiva", disse o presidente executivo, Wesley Batista, em conferência com analistas para comentar os resultados do último trimestre.

O presidente da JBS Foods, a divisão na qual a Seara foi incluída, Gilberto Tomazoni, disse que o resultado foi obtido com a implantação novos padrões de produção nas linhas de fábrica, alteração na cadeia logística, redução de fretes e números de centros de distribuição.

Acompanhe tudo sobre:acordos-empresariaisAlimentaçãoAlimentos processadosCarnes e derivadosEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasJBSMarfrigSeara

Mais de Negócios

Cimed avança na compra da Jequiti — e quer 100% da empresa de cosméticos

Essa empresa vende em até 10 vezes sem juros artigos de luxos - que podem render mais do que ações

Grupo de certificados digitais de MG compra empresa, faz fusão e passa a valer R$ 300 milhões

EXCLUSIVO: Natura prepara primeiro fundo de investimentos em startups; anúncio ocorrerá nesta semana

Mais na Exame