Rolls-Royce é investigada por corrupção na China e Indonésia

Departamento de fraudes britânico está analisando suposto envolvimento da companhia de motores para aviões em um esquema de suborno e corrupção
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
D
Daniela BarbosaPublicado em 07/12/2012 às 12:51.

São Paulo - A Rolls-Royce, fabricante britânica de motores para aviões e navios, está sendo investigada pelo Serious Fraud Office (SFO), departamento de fraudes da Inglaterra, por um suposto envolvimento em um esquema de corrupção e suborno na China e Indonésia.

Por meio de um comunicado divulgado à imprensa, na última quinta-feira, a empresa inglesa afirmou que irá contribuir com o andamento do processo, mas que ainda é muito cedo para se prever qualquer resultado.

"Quero deixar que não vamos tolerar nenhuma conduta comercial indevida de qualquer espécie e vamos tomar todas as medidas necessárias para garantir o cumprimento do processo”, afirmou  John Rishton, executivo da Rolls-Royce, em nota.

Como medida paralela à investigação, a companhia nomeou um profissional independente para revisar os procedimentos atuais e preparar um relatório que será entregue à Comissão de Ética da Câmara, da Inglaterra.

Vale lembrar que a Rolls-Royce não tem nenhuma ligação com a marca de luxo de automóveis de mesmo nome, subsidiária da BMW.