Rede D’Or limita testes de covid-19 devido à falta de insumos

Rede está priorizando pacientes internados e com indicação clínica; Raia Drogasil já havia interrompido os testes por falta de insumos
Hospital Vila Nova Star, da Rede D'Or: companhia limita exames de covid-19 (Germano Lüders/Exame)
Hospital Vila Nova Star, da Rede D'Or: companhia limita exames de covid-19 (Germano Lüders/Exame)
Por Mariana DesidérioPublicado em 13/01/2022 09:59 | Última atualização em 13/01/2022 14:45Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Rede D’Or, maior rede de hospitais do país, passou a limitar a realização de exames de covid-19 devido à falta de insumos para os testes. A rede informa que está priorizando a realização desses exames em pacientes com indicação clínica para definição de tratamento e isolamento, pacientes internados e em profissionais de saúde.

A pandemia mexeu com a saúde mental dos brasileiros, mas é possível dar a volta por cima. Descubra como.

Testes em pacientes em bom estado geral ou que desejam fazer exame eletivo estão limitados. A Rede D’Or informa que os exames já coletados estão sendo entregues nos prazos acordados e todos os agendamentos eletivos já confirmados estão mantidos.

A testagem de pacientes não prioritários será retomada assim que houver um reequilíbrio entre a demanda e os insumos disponíveis, diz a companhia.

A decisão da Rede D’Or segue orientação da Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica). Em comunicado, a entidade diz que a nova variante causou aumento exponencial de casos, o que vem demandando aumento da capacidade produtiva global de testes. “Se os estoques não forem recompostos rapidamente, poderá ocorrer a falta de oferta de exames”, diz a entidade.

A associação orienta seus membros a priorizar a realização de testes para pacientes com sintomas mais graves, pacientes hospitalizados e cirúrgicos, pessoas no grupo de risco, trabalhadores assistenciais da área da saúde, e colaboradores de serviços essenciais.

Raia Drogasil

Os testes também estão faltando nas redes de farmácia. Farmácias da rede Raia Drogasil suspenderam temporariamente o agendamento online de testes de covid-19. Em nota, a empresa informa que "está atuando na reposição dos estoques para o abastecimento de suas lojas o mais breve possível". A retomada no serviço deve se dar quando o abastecimento for "normalizado".

Tanto a Droga Raia quanto a Drogasil oferecem testes de quatro tipos: PCR-LAMP, antígeno nasal, antígeno oral e de sorologia. Para fazer o agendamento online é preciso fornecer CPF, e-mail e nome.

A empresa diz que "a demanda por testes de covid-19 cresceu consideravelmente e há falta de testes no mercado como um todo". A rede RaiaDrogasil reúne mais de 2,3 mil lojas em 24 estados.

Positivos nas farmácias

Dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) mostram que as farmácias brasileiras registraram uma explosão no número de testes positivos da covid-19 no intervalo de 27 de dezembro a 2 de janeiro. O volume de casos quadruplicou em relação à semana anterior. O percentual de diagnósticos do coronavírus sobre o total de atendimentos também teve um salto e foi o maior desde a implementação do serviço, em abril de 2020.

Foram realizados 283.763 testes nas farmácias associadas entre os dias 27 de dezembro e 2 de janeiro, número 50% superior aos 188.545 atendimentos ocorridos de 20 a 26 de dezembro. Já o volume de resultados positivos pulou de 22.283 (11,8% do total) para 94.540 (33,3%). No caso de Rio de Janeiro e São Paulo, os positivos correspondem a 49% e 46% do total de testes realizados, respectivamente.