Negócios
Acompanhe:

Operação internacional cresce nos resultados da Natura

Operações em países em consolidação, como Colômbia e México, aumentaram mais de 55% no semestre

Natura: foco nos países em consolidação (Silvia Zamboni)

Natura: foco nos países em consolidação (Silvia Zamboni)

D
Daniela Barbosa

Publicado em 21 de julho de 2011, 13h05.

São Paulo – A Natura está rindo à toa com suas operações no mercado internacional.  Isso porque, o crescimento em alguns países, como México e Colômbia, onde as operações ainda estão em consolidação, foi superior a 55%. “O mercado externo representa 8,4%  e está cada vez mais ganhando participação”, afirmou Roberto Pedote, vice-presidente financeiro da companhia.

O executivo participou, nesta quinta-feira (21/7), de uma teleconferência com a imprensa para comentar o resultado da companhia no segundo trimestre. No período, no mercado internacional, a receita líquida da Natura somou 118,8 milhões de reais, crescimento de 36% na comparação com o mesmo período do ano anterior. “Continuamos crescendo com taxas bem relevantes”, disse Pedote.

A companhia agora está voltada para consolidar as operações no México e Colômbia. De acordo com Pedote,  até o fim do ano, nesses dois países a produção será feita no local. “Fechamos parcerias com empresas e vamos terceirizar a nossa produção, isso reduzirá custos e ganhos de eficiência”, afirmou o executivo.

No segundo semestre do ano, a Natura registrou lucro de 188,1 milhões de reais no segundo trimestre do ano, 1,8% menor na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já a receita líquida da companhia cresceu 8,6%, somando 1,3 bilhão de reais.