A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Mediobanca negocia participação na Telco, dizem fontes

No início de junho o presidente-executivo do banco, Alberto Nagel, disse que a instituição venderia sua participação na Telco

Milão - O banco italiano Mediobanca fez contatos iniciais com partes interessadas em comprar sua participação na empresa controladora da Telecom Italia, a Telco, segundo uma pessoa com conhecimento do assunto.

No início de junho o presidente-executivo do banco, Alberto Nagel, disse que a instituição venderia sua participação na Telco.

O movimento faz parte de um plano estratégico que inclui a venda de participação em outras companhias italianas, mas a empresa diz que não está ativamente buscando um comprador.

"É como quando você coloca um apartamento à venda. Pessoas ligam e aparecem para visitá-lo, mas é apenas isso", disse a fonte.

A holding Telco, que tem entre seus acionistas a Telefónica da Espanha, a Assicurazioni Generali, o Mediobanca e a Intesa Sanpaolo, possui 22% das ações da Telecom Italia.

O acordo de acionistas prevê que eles não podem vender as ações para terceiros sem antes oferecê-las uns para os outros. Entretanto, essa cláusula expirará em 28 de setembro, a partir de quando os acionistas poderão vender suas participações livremente.

Analistas avaliam que o setor de telecomunicações na Europa pode sofrer alterações após o negócio de US$ 130 bilhões entre a Vodafone e a Verizon nesta semana. A operadora britânica Vodafone vendeu 45% de sua participação na Verizon Wireless para a norte-americana Verizon Communications.

Um porta-voz da Telefónica não foi encontrado para comentar o caso, enquanto a Generali se recusou a comentar. Em agosto, o presidente-executivo da Generali, Mario Greco, disse a jornalistas que a empresa "certamente sairá" da Telecom Italia, mas avisou que faria isso sob as condições certas. O Intesa também se recusou a comentar, mas a fonte disse que o banco vai avaliar todas as opções na mesa.

Nesta quarta-feira, 4, as ações da Telecom Itália fecharam em queda de 0,09% na Bolsa de Milão, após subirem 1,91% na sessão anterior, quando surgiram os rumores sobre a venda de participação do Mediobanca na Telco. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também