LG tem lucro após seis trimestres consecutivos de prejuízo

Balanço da empresa mostrou lucro operacional de US$ 20,5 milhões

Seul - A LG Electronics, segunda maior fabricante de televisão do mundo, passou a gerar lucro no quarto trimestre, à medida que seu mais recente modelo de smartphone ajudou a unidade de aparelhos móveis a ter um pequeno resultado positivo após seis trimestres consecutivos de prejuízos.

O lucro operacional de outubro a dezembro foi de 23 bilhões de wons (20,5 milhões de dólares), ante a previsão de lucro de 64 bilhões de wons, consenso em uma pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S.

Esse resultado se compara aos prejuízos de 246 bilhões de wons um ano antes e de 32 bilhões de wons no trimestre anterior.

A divisão de aparelhos móveis teve lucro operacional de 9,9 bilhões de wons, uma grande melhora em relação aos prejuízos de 262 bilhões de wons um ano antes e de 140 bilhões de wons no terceiro trimestre.

"É muito animador que o negócio de dispositivos móveis da LG finalmente passou a gerar lucro", disse o analista Greg Noh, da HMC Securities. "O lucro é muito pequeno, mas os ganhos aumentarão porque a grande reestruturação está finalmente tendo algum impacto no lucro, e o Optimus LTE está vendendo bem. No entanto, é difícil imaginar uma grande recuperação", acrescentou.

A recuperação teve a ajuda das sólidas vendas do Optimus LTE, que usa o Android, do Google, e se tornou o mais popular smartphone da LG, com 1 milhão de unidades vendidas desde outubro.

As vendas de aparelhos móveis da LG caíram para 17,7 milhões de unidades no quatro trimestre, de 21,1 milhões no trimestre anterior, já que a fabricante reduziu os embarques de telefones menos lucrativos.

A LG e outras companhias tradicionais do setor, como Nokia, Motorola Mobility e HTC Corp tem sido ofuscadas pelo sucesso dos aparelhos celulares da Apple e da Samsung Electronics, que controlam .

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.