Henrique Neves assume presidência da Varig

Recém-empossados na direção da companhia aérea, conselheiros e presidente-executivo têm a tarefa de remodelar os negócios
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
D
Da RedaçãoPublicado em 10/10/2010 às 03:40.

O Conselho de Administração da Varig aprovou, nesta segunda-feira (9/5), o nome de Henrique Neves para a presidência-executiva da companhia, no lugar de Carlos Luiz Martins. Durante 22 anos, Neves atuou no setor petrolífero, alcançando o posto de vice-presidente da Shell no Brasil. Em 1999, assumiu a presidência da Brasil Telecom. Três anos depois, desligou-se da operadora para montar sua própria consultoria. Agora, assume o desafio de reformular o modelo de negócios da Varig.

A nomeação de Neves é o primeiro ato do novo Conselho de Administração, que assumiu a empresa no sábado (7/5). Do grupo anterior, permaneceram os conselheiros Gesner de Oliveira e Harro Fouquet, que passaram a contar agora com a colaboração de David Zylbersztajn (eleito presidente do conselho), Omar Carneiro da Cunha Sobrinho, brigadeiro Sergio Xavier Ferolla, Sergio de Almeida Bruni, embaixador Marcos Castrioto de Azambuja e Eleazar de Carvalho Filho.

Para os especialistas no setor aéreo, vender a Varig não é a solução para seus problemas. Embora diversos interessados já tenham se manifestado, o mercado acredita que a troca de controle precisa ser acompanhada de um novo modelo de negócios para a companhia tarefa posta aos conselheiros e ao presidente-executivo recém-empossados (se você é assinante, leia ainda reportagem de EXAME sobre a situação da Varig).

Na sexta-feira (6/5), o Departamento de Aviação Civil informou que a Varig perdeu para a Gol a segunda posição no mercado doméstico em abril. É a primeira vez, desde que foi fundada, que a Gol atinge essa marca. A Varig respondeu por 27,61% do total de passageiros transportados, contra 27,81% da Gol. A TAM segue na liderança, com 42,3% de participação.

Veja Também