Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
Apresentado por HEINEKEN
seloNegócios

Heineken revela segredos do seu sabor único

O que torna o sabor de Heineken só Heineken? Saiba como foi a descoberta e todos os ingredientes e detalhes que fazem da marca a mais amada de sua categoria

Modo escuro

Continua após a publicidade
Cervejaria da Heineken em Jacareí, no interior de São Paulo: tour Inside The Star é aberto ao público (HEINEKEN/Divulgação)

Cervejaria da Heineken em Jacareí, no interior de São Paulo: tour Inside The Star é aberto ao público (HEINEKEN/Divulgação)

No auge de seus 150 anos, a Heineken tem muita história para contar. Presente em 200 milhões de lares em 52 países da Europa, Ásia e Américas, a verdinha foi eleita pelo segundo ano consecutivo a marca mais amada pelos brasileiros em pesquisa realizada pela Kantar. “Queremos colocar a nossa estrela em cada coração e em cada copo brasileiro”, disse Mauricio Giamellaro, CEO do grupo Heineken no Brasil, durante um tour pela unidade de produção da Heineken em Jacareí, no interior de São Paulo.

Tour pela cervejaria

É lá que acontece o Inside The Star, um tour onde a marca mostra a “magia verde” por trás da bebida. Durante a experiência sensorial, os fãs de Heineken maiores de 18 anos podem visitar a cervejaria, transitar por ambientes instagramáveis e fazer uma imersão para conhecer de perto os projetos de sustentabilidade da companhia, os ingredientes e os processos de produção (veja ao final da matéria como se inscrever).

Além de usar apenas ingredientes 100% naturais, como malte, água e lúpulo, a Heineken passa por um processo produtivo bastante controlado. “O Brasil segue sendo uma referência para a sede, que constantemente tem reconhecido a nossa operação com prêmios anuais de qualidade”, afirma Giamellaro.

Aliás, o Brasil é hoje o principal mercado de Heineken no mundo. “Todo mundo achava que Heineken era só puro malte, mas não é. É uma combinação de fatores, como a levedura A (exclusiva da marca), o processo de fermentação natural em tanques horizontais e energia verde, além de água e lúpulo”, destaca o CEO do Grupo Heineken no Brasil.

Inside The Beer: a Heineken é produzida com a levedura A, que não existe em nenhuma outra cerveja no mundo (Heineken/Divulgação)

Levedura mais “feliz”

Ele se refere à adoção de tanques horizontais nas unidades de produção, onde a levedura é adicionada, iniciando assim o processo natural de fermentação que converte o açúcar em álcool e CO2. “A Heineken é a única cervejaria do mundo que fermenta a cerveja em tanque horizontal”, diz Giamellaro. “É um processo mais caro, que demanda mais espaço, mas que em contrapartida traz um sabor que Heineken, só a Heineken tem.”

Isso porque, explica o executivo, a levedura “gosta” de espaço e precisa ficar em um ambiente sem estresse para conseguir liberar todo o seu sabor.

“Quando você produz a cerveja em um tanque vertical, a cada 10 metros de tanque você tem 1 bar de pressão sobre essa levedura, o que gera estresse.” Ao contrário, a baixa pressão dos tanques horizontais permite que a levedura faça seu trabalho e libere todo o sabor único da cerveja, como o amargor característico da bebida.

Energia verde

Outro ingrediente secreto da Heineken é a energia verde. Com a meta de se tornar carbono neutro até 2040, o grupo usa, desde 2020, energia renovável na produção de Heineken nas cervejarias de Alagoinhas (BA), Araraquara (SP) e Ponta Grossa (PR).

A Heineken lançou o programa energia verde com o objetivo de viabilizar o acesso à energia renovável a todas as pessoas do Brasil. O movimento estende sua cobertura nos comércios desde a casa dos brasileiros. A meta da marca é alcançar 50% dos parceiros de 19 capitais brasileiras até 2030.

Green Your City

Faz parte ainda da estratégia ESG da Heineken, a plataforma Green Your City, iniciativa que une sustentabilidade, cultura e entretenimento que traz uma série de ações para a vida noturna, cena cultural e a ressignificação de espaços urbanos.

Por meio dela, a marca já promoveu diversos feitos, como o reúso de copos plásticos usados em grandes festivais como o Rock in Rio, The Town e MITA. Implantar um sistema de economia circular para as embalagens, inclusive para as garrafas long necks, é um compromisso prioritário para a marca.

“Em 2023 participamos de sete grandes festivais e deixamos de produzir mais de 1,5 milhão de copos descartáveis que gerariam um lixo absurdo usando copos circulares que são higienizados e voltam para a cadeia”, comemora Beatrice Jordão, gerente sênior de marketing da Heineken.

Dentro do tema da economia circular, a expectativa é de que 80% das embalagens de vidro da marca sejam circulares até 2030. Isso significa incrementar o volume de embalagens retornáveis por um lado e, por outro, fomentar a reciclagem do vidro das embalagens descartáveis da marca.

Cidades mais verdes

Também estão nos planos da marca inaugurar 19 microflorestas em 19 capitais do Brasil até 2030. No Rio de Janeiro, as primeiras mudas começaram a ser plantadas logo após o Rock in Rio 2022. Em São Paulo, o local escolhido foi as margens do Rio Tietê. “Queremos melhorar a qualidade de ar e de vida desses lugares”, afirma Beatrice. No ano passado, o Rio Pinheiros recebeu outra ação inédita: o Heineken Floating Bar.

O bar flutuante foi a forma encontrada pela marca para que as pessoas pudessem olhar para a cidade de outra perspectiva. O seu lucro está sendo revertido para melhorias de seu entorno, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica.

Líder na categoria de cerveja sem álcool no Brasil, a Heineken se compromete ainda a seguir conscientizando os consumidores de que bebida não combina com direção. “Atualmente, 10% da verba de marca e mundial é destinada a campanhas de consumo responsável”, afirma Beatrice.

E depois de um 2023 desafiador, as perspectivas da Heineken são boas. “De maio para cá o mercado melhorou e aprendemos a ter disciplina, reforçar a humildade e entender que o consumidor respeita marcas que respeitem o que ele busca”, diz Giamellaro. O ano promete ser “quente” em vendas. “Esperamos um duplo dígito de crescimento”, diz o CEO. Para quem quiser conhecer a cervejaria da Heineken em Jacareí, as sessões do Inside The Star acontecem de terça a sábado, mediante disponibilidade.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Stanley inaugurou a sua primeira loja no Sul do país. Qual é o modelo para abrir unidades da marca?

seloNegócios

Stanley inaugurou a sua primeira loja no Sul do país. Qual é o modelo para abrir unidades da marca?

Há 2 dias

Varig, Vasp, TransBrasil: o que aconteceu com as companhias aéreas que dominavam os céus do Brasil

seloNegócios

Varig, Vasp, TransBrasil: o que aconteceu com essas cias aéreas brasileiras

Há 2 dias

De estagiário a CEO: as lições e os planos do novo líder da WEG, um gigante de R$ 140 bi

seloNegócios

De estagiário a CEO: as lições e os planos do novo líder da WEG, um gigante de R$ 140 bi

Há 2 dias

Cade aprova venda das empresas do Grupo CRM (dona da Kopenhagen) para a Nestlé Brasil

seloNegócios

Cade aprova venda das empresas do Grupo CRM (dona da Kopenhagen) para a Nestlé Brasil

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais