Greve na Iberia é mantida após reunião com sindicatos

"Não houve avanço nos encontros com os representantes dos funcionários em terra e dos tripulantes, e os pilotos não se apresentaram", disse um porta-voz da Iberia

Madri - As negociações entre a companhia aérea espanhola Iberia e os representantes dos trabalhadores foram concluídas sem resultado e os sindicatos mantiveram a greve convocada a partir da próxima sexta-feira.

"Não houve avanço nos encontros com os representantes dos funcionários em terra e dos tripulantes, e os pilotos não se apresentaram", disse um porta-voz da Iberia nesta sexta-feira, após a companhia se encontrar com representantes sindicais de seus 20 mil funcionários para evitar os seis dias de greve previstos para 14 a 21 de dezembro.

Os sindicatos já haviam dito na semana passada, quando convocaram a greve, que não iriam negociar com a Iberia até que a empresa reconsiderasse sua postura e renunciasse a ajustes traumáticos.

Em seu site na internet, a Iberia ressaltou que a greve agravará a situação da empresa e aumentaria o risco de maiores demissões.

A Iberia, que faz parte da holding IAC junto com a British Airways, registrou nos primeiros nove meses do ano um resultado negativo de 262 milhões de euros.

Para diminuir as perdas, a empresa apresentou no início do mês um plano de reestruturação que prevê a demissão de 4.500 funcionários e um corte salarial entre 30 e 50 por cento para os empregados que permanecerem.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também