Glencore pode abandonar fusão com Xstrata

Empresa poderia abandonar negócio para evitar ser forçada a aumentar o valor do acordo

Por Cynthia Decloedt

Londres - A Glencore International está preparada para abandonar a fusão com a Xstrata para evitar ser forçada a aumentar o valor do acordo, diz o jornal Sunday Telegraph citando o executivo-chefe da companhia, Ivan Glasenberg. O jornal diz que Glasenberg, que tem 15,8% de participação na Glencore, não quer elevar o valor da fusão para além do originalmente aceitado.

Na sexta-feira, o Qatar Holding, fundo soberano do Catar, que tem uma fatia de quase 11% na mineradora Xstrata, se opôs aos termos atuais do acordo de fusão da companhia com a Glencore. Segundo o fundo, a oferta deveria ser melhorada para que cada ação da Xstrata seja trocada 3,25 ações da Glencore, em vez da proposta original de 2,8 ações.

Segundo fontes, o fundo do Catar está unindo forçar com outros acionistas da Xstrata, como Fidelity, Standard Life Investments e Schroder Investment Management, que dizem que o acordo com a Glencore deprecia a mineradora. Juntos, esses investidores têm uma fatia de quase 3% na Xstrata. As informações são da Dow Jones.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.