Ericsson processa Samsung nos EUA por violação de patentes

O processo foi motivado pelo uso de tecnologias patenteadas da Ericsson essenciais para várias normas de telecomunicações utilizadas em produtos da concorrente

Estocolmo - A empresa sueca de telecomunicações Ericsson anunciou nesta terça-feira que abriu processo nos Estados Unidos contra a sul-coreana Samsung por violação de patentes, após dois anos de negociações infrutíferas.

O grupo sueco informou que negociou durante dois anos com a Samsung, sem resultados, a assinatura de um novo acordo de licença para permitir a utilização das tecnologias em questão.

"A Ericsson concluiu que não tem mais alternativa que comparecer aos tribunais", afirma o grupo em um comunicado.

A disputa foi motivada pelo uso de tecnologias patenteadas da Ericsson essenciais para várias normas de telecomunicações e de transmissões por rede utilizadas em produtos da Samsung, assim como outras invenções patenteadas pelo grupo sueco que são frequentemente utilizadas em produtos wireless e eletrônicos.

A demanda foi apresentada em um tribunal do Texas, sede americana da Ericsson.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.