Embraer troca chefe da aviação comercial após fracasso em fusão com Boeing

Arjan Meijer sucederá John Slattery, e deve se reportar diretamente a Francisco Gomes Neto, presidente e CEO da Embraer

 A Embraer disse nesta segunda-feira que o chefe de sua unidade de aviação comercial, John Slattery, deixará a empresa para se tornar presidente da GE Aviation, semanas após o fracasso do acordo de 4,2 bilhões de dólares para vender o controle da divisão para a Boeing em abril.

Slattery defendia o acordo entre a Boeing e a Embraer e estava pronto para se tornar um executivo da Boeing encarregado da parceria assim que o negócio fosse fechado.

Mas a transação, no qual a Boeing assumiria o controle da unidade de aviação comercial da Embraer, fracassou em abril, quando o coronavírus devastou o setor de viagens aéreas, deixando as duas empresas trocando acusações.

A Embraer disse que Arjan Meijer, vice-presidente de sua unidade comercial, assumirá o cargo da Slattery.

Slattery ingressou na Embraer em 2011, depois de trabalhar no setor de leasing de aeronaves, e em 2016 tornou-se chefe da unidade de aviação comercial, a mais lucrativa da Embraer.

Sob seu comando, a Embraer lançou sua linha de jatos E2, que foram elogiados por sua eficiência de combustível, mas também tiveram vendas abaixo do esperado, especialmente em relação a seu concorrente direto, o Airbus A220.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.