Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloNegócios

O Dia Internacional da Micro, Pequena e Média Empresa (MPMEs), é celebrado nesta terça-feira, 27, em homenagem aos empreendimentos que, independentemente do porte, têm grande importância na economia mundial.

Segundo a primeira edição da pesquisa Geração de empregos pelos MPMEs online brasileiros, realizada pela plataforma  Nuvemshop em parceria com o E-commerce Brasil, cerca de 35% dos empreendimentos online são Empresa de Pequeno Porte (EPP), 32% são Microempreendedor Individual (MEI) e 21% são Empresa individual (EI).

O estudo ainda mostrou que o varejo online também possui um amplo espaço para a geração de empregos e renda no país. Dentre os empreendedores entrevistados, cerca de metade (47%) contratou funcionários em 2022 e 28% já realizaram novas contratações em 2023.

Franquias em expansão: o que explica o crescimento de dois dígitos do setor bilionário

De acordo com Luiz Figueiro, diretor da Nuvemshop para a América Latina, o e-commerce tem desempenhado um papel significativo na geração de empregos e na economia nos últimos anos no Brasil.

“Com o crescimento do e-commerce no país, muitas empresas estão expandindo suas operações, o que resulta em uma demanda maior por profissionais. Somente no primeiro trimestre deste ano, por exemplo, as PMEs cresceram 23% seu faturamento em comparação a 2022”, diz o especialista.

Contratações

O estudo realizado entre abril e maio de 2023 revela que:

  • nos últimos dois anos 35% dos empreendedores online contrataram para atendimento ao cliente;
  • 32% para marketing e redes sociais;
  • 26% para montagem de pedidos;
  • 18% produção e confecção de produtos;
  • 17% para logística e entregas;

Em relação ao número de funcionários, 43% possuem de 2 a 5 funcionários; 10% possuem 6 a 10 funcionários; e 18% possuem mais de 10 funcionários. Apenas 25% dos entrevistados empreendem sozinhos.

Quer morar em Portugal? Saiba como conseguir visto de moradia investindo € 10.500 em franquias

Loja física ou e-commerec?

O estudo da Nuvemshop também revela que a maioria (64,5%) dos empreendedores entrevistados vende apenas por meio de loja virtual própria e 31% possuem loja física e e-commerce. Os outros 4,5% vendem apenas pelas redes sociais.

“As vendas online requerem um atendimento ágil e de alta qualidade, desde o primeiro contato com o cliente, até a entrega do produto e pós-venda. Vemos muitos negócios que iniciaram com apenas uma pessoa e hoje possuem uma equipe mais robusta e especializada. O e-commerce é um setor em crescimento que continuará a ter um impacto significativo na geração de empregos no futuro”, diz Figueira.

25 franquias de serviços para empreender com investimento a partir de R$ 2.500

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
30 franquias baratas para empreender sem funcionários a partir de R$ 4.520 em 2024

seloNegócios

30 franquias baratas para empreender sem funcionários a partir de R$ 4.520 em 2024

Há 11 horas

Esta empreendedora criou o sushittone — e já faturou mais de R$ 165 mil em uma semana

seloNegócios

Esta empreendedora criou o sushittone — e já faturou mais de R$ 165 mil em uma semana

Há 12 horas

Painel da COP28 discute soluções para combate ao desmatamento no Brasil

seloNegócios

Painel da COP28 discute soluções para combate ao desmatamento no Brasil

Há um dia

O McDonald's já investiu em pizza, frango assado e burrito. Agora, abre cafeteria 'sideral' nos EUA

seloNegócios

O McDonald's já investiu em pizza, frango assado, burrito e, agora, no café

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Lead Energy quer reduzir R$ 1 bi na conta de luz dos brasileiros até 2027

Lead Energy quer reduzir R$ 1 bi na conta de luz dos brasileiros até 2027

Ceará deve se tornar um dos maiores produtores do combustível do futuro

Ceará deve se tornar um dos maiores produtores do combustível do futuro

“O número de ciberataques tem crescido 20% ao ano”, diz a Huawei

“O número de ciberataques tem crescido 20% ao ano”, diz a Huawei

“A geração de energia caminha lado a lado com o desenvolvimento econômico”, diz Paulo Câmara

“A geração de energia caminha lado a lado com o desenvolvimento econômico”, diz Paulo Câmara

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais