Com 6.000 m² e até cinema, loja de carros de luxo é inaugurada em MG

O investimento foi de R$ 20 milhões e no portfólio constam marcas como Bentley, McLaren e Aston Martin, com modelos que custam até R$ 3,5 milhões
Loja tem 6.000 m² e modelos de alto luxo (Jomar Bragança/AvantGarde/Divulgação)
Loja tem 6.000 m² e modelos de alto luxo (Jomar Bragança/AvantGarde/Divulgação)
Por Juliana EstigarribiaPublicado em 26/09/2020 08:00 | Última atualização em 26/09/2020 14:02Tempo de Leitura: 6 min de leitura

Na contramão do setor automotivo, que está buscando formas de digitalizar as vendas de automóveis, um grupo de Belo Horizonte, Minas Gerais, inaugurou a maior loja multimarcas de luxo do país mesmo diante da pandemia. A Avantgarde tem 6.000 metros quadrados, restaurante e até cinema em suas dependências.

A loja está localizada em uma avenida conhecida por abrigar inúmeras concessionárias de luxo. O empreendimento, assinado pelo arquiteto Sérgio Viana, nasceu do desejo dos três sócios -- Fernando Duran, Áureo Brandão e Rodrigo Freitas -- de oferecer uma experiência única para seus clientes do segmento premium.

A Avantgarde operou em outro endereço por 16 anos, mas decidiu mudar para um espaço (muito maior). Com um investimento de 20 milhões de reais, a nova loja estava com sua inauguração oficial marcada para acontecer alguns dias antes do início da quarentena no Brasil.

Com a pandemia, a empresa mudou os planos e passou a operar somente no ambiente online e, mais recentemente, com visitas presenciais, mas apenas com hora marcada.

O empreendimento possui um restaurante inspirado nos cafés europeus - como aqueles localizados em cima de concessionárias - e deverá abrir suas portas para o público em dezembro.

Há também um cinema no local, um espaço com poltronas e tela de projeção em que os clientes e seus filhos poderão assistir a filmes -- principalmente ligados a carros. Além disso, a expectativa é que o espaço se torne uma referência para encontros de networking e eventos corporativos, respeitando as orientações da Organização Mundial da Saúde em um cenário de coronavírus.

A aposta do megaempreendimento, segundo os sócios, não deve tornar-se obsoleta em razão da pandemia. "Estamos atendendo exclusivamente com hora marcada, o que tem sido bom para os clientes, que se sentem mais seguros, e também para os funcionários", afirma Áureo Brandão, um dos sócios da empresa.

A Avantgarde trabalha com veículos de luxo seminovos com baixa quilometragem (em torno de 500 quilômetros rodados) e também vende modelos novos sob encomenda (através de parceiro). Em seu portfólio, há marcas famosas e bastante exclusivas, como Bentley, McLaren e Aston Martin. Os modelos custam a partir de 130.000 até 3,5 milhões de reais.

Mesmo diante da crise enfrentada pelo setor automotivo, a projeção da AvantGarde é dobrar o faturamento em 2020. Na pandemia, a loja já dobrou o volume de vendas e, de março até julho, faturou o mesmo que o ano de 2019 inteiro.

"Os nossos clientes confiam na Avantgarde e pelo canal digital ou presencialmente, continuamos sendo referência na venda de veículos de luxo", afirma Brandão.