Casa Verde e Amarela com três quartos e quadras de tênis?

Com a proposta de entregar imóveis populares com alto padrão construtivo, a Prestes vem se consolidando entre as maiores construtoras do Paraná

A construtora e incorporadora Prestes nasceu em 2009 nos Campos Gerais, centro-leste do estado do Paraná, a partir do sonho de seu diretor-presidente, Breno Prestes, de se tornar empreendedor. “Eu admirava muito a rotina do meu pai, empresário do setor de agronegócio, e a forma como ele conduzia os negócios. Ele conseguia ter um dia bacana e escolhia a dedo os sócios e as pessoas com quem trabalhava, contribuindo com o que tinha de melhor a oferecer”, lembra Prestes.

Foi do pai que também veio o incentivo para estudar engenharia civil. “Meu pai me instruiu a fazer engenharia para ter mais capacidade de resolver problemas”, diz o executivo. E foi o que ele fez. Uma das primeiras tentativas de empreender ocorreu aos 25 anos, quando, durante um MBA de gestão de obras e edificações, Prestes decidiu, ao lado de um colega, construir uma casa modelo popular e totalmente sustentável.

O imóvel foi erguido por um custo zero, em parceria com fornecedores, e entregue a um dos funcionários da fazenda de seu pai. Para replicar o modelo, Prestes percebeu a necessidade de buscar apoio da Caixa Econômica Federal para escalonar o negócio.

Programa Casa Verde e Amarela

Em 2009, com o lançamento do Programa Minha Casa Minha Vida – hoje Programa Casa Verde e Amarela –, o empresário viu a oportunidade de voltar a construir. Sem dinheiro para investir, fez parcerias com donos de terrenos e fornecedores. “No dia seguinte ao anúncio do governo, eu já sabia tudo sobre o programa. Em 2009, construí duas casas; em 2010, foram 64.”

De lá para cá, a Prestes foi ganhando espaço no mercado e hoje figura entre as maiores construtoras de imóveis populares do Paraná. Desse 2009, foram mais de 5.000 unidades habitacionais entregues e, até o final deste ano, outras 4.500 unidades estarão em obras. “Nossa meta é produzir 5.000 imóveis e entregar outros 5.000 a cada ano”, diz o executivo.

Para isso, ele conta com talentos como o executivo e cofundador da Prestes Felipe Spinello, atualmente diretor de operações da empresa; Eduardo Consorte, que de integrante do time passou a sócio e responde pela diretoria executiva de inteligência imobiliária; conselheiros de peso, como Alceu Duilio Calciolari, ex-presidente da Gafisa; e parceiros que apoiam a empresa em áreas como gestão, estratégia, auditoria e inovação, entre os quais Grant Thornton, Deloitte, Fundação Dom Cabral, Falconi e Deloitte. “Hoje, de 10% a 15% dos nossos clientes são investidores que enxergam no aluguel uma oportunidade de ganhos”, afirma Prestes.

Casas “populares de alto padrão”

Vista Oficinas, em Ponta Grossa, no Paraná: eleito pelo GRI Awards um dos três melhores projetos residenciais do Brasil

Vista Oficinas, em Ponta Grossa, no Paraná: eleito pelo GRI Awards um dos três melhores projetos residenciais do Brasil (Prestes/Divulgação)

 

Um dos segredos da construtora está no alto padrão de entrega das obras. Além de usar material de qualidade, a empresa faz questão de manter distância entre as torres para “oxigenar” as obras e construir, nos espaços comuns, bulevares e até quadras de tênis. A Prestes também tem investido em joint ventures com empresas escaláveis e capazes de entregar valor aos moradores, como internet mais barata e placas de energia solar.

“Nossa próxima meta é construir mini-shoppings onde as pessoas possam encontrar tudo para seu dia a dia”, afirma Prestes. Um dos reconhecimentos veio no ano passado, quando o Vista Oficinas, da Prestes, foi eleito pelo GRI Awards – uma das principais premiações do setor – um dos três melhores projetos residenciais do Brasil. Entre os diferenciais do empreendimento está o afastamento entre as torres, o design contemporâneo das fachadas e a configuração da planta, com três dormitórios (um deles, suíte), ampla área de lazer, salão gourmet equipado com forno de pizza, espaço zen e um local para lavagem de carros.

“O prêmio mostra que estamos no caminho certo e que é válida a nossa ousadia de fazer mais por menos”, diz Prestes. Prova dessa ousadia é também o programa de expansão da construtora para Curitiba e para cidades do norte do Paraná, como Londrina e Maringá. Com produtos voltados para clientes de renda acima de  5.000 reais, financiados pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), a Prestes Construtora e Incorporadora lançou recentemente seu primeiro empreendimento em Curitiba, já voltado para a região metropolitana da capital. Com um novo foco, a proposta é oferecer produtos diferenciados, com alto valor agregado e preços competitivos para o mercado.

Infraestrutura para os moradores

A construtora também tem a preocupação de ir além do que a Lei de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) estipula como condição para o início de uma obra. “Nossos projetos contemplam pavimentação, revitalização de praças, construção de pontos de ônibus, creches e escolas. São quase 5 milhões de reais previstos para os próximos três anos – um investimento cinco vezes maior do que o estabelecido por lei”, diz Prestes.

Em 2018, a construtora e incorporadora fundou o Instituto Vida Prestes, uma organização sem fins lucrativos que promove aulas de tênis, judô e musicalização para a população carente. Entre as iniciativas entregues neste ano estão a doação de 100 kits com produtos de higiene ao Pronto-Socorro de Ponta Grossa; a construção de uma cozinha e de um refeitório em uma comunidade que atende ex-moradores de rua; e a entrega de uma casa a uma família que perdeu o imóvel em um incêndio.

Todas as ações contam com a participação de colaboradores da companhia e condôminos de obras entregues por ela. “Nosso mantra para o crescimento é contratar pessoas certas, que tenham fit com nossa cultura. Isso porque, no final, o que faz a diferença são os profissionais engajados, e não os executivos formados no mercado”, diz Prestes. “Nosso maior patrimônio são as pessoas que acreditam na gente.”

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.