Cade aprova venda de área da Hypermarcas sob condições

A principal condição prevista no acordo das empresas com o órgão antitruste é a venda da marca KY do Brasil para uma terceira empresa, informou o Cade
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
Por Da RedaçãoPublicado em 14/09/2016 13:35 | Última atualização em 14/09/2016 13:35Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Brasília - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, mediante condições, a operação de venda da divisão de preservativos da Hypermarcas para o grupo britânico Reckit Benckiser.

A principal condição prevista no acordo das empresas com o órgão antitruste é a venda da marca KY do Brasil para uma terceira empresa, informou o Cade.

Mais informações em instantes