Negócios

BB Seguridade faz acordo de cessão com BB, Icatu e Brasilcap

Empresas assinaram contrato de cessão de direitos para iniciar a venda de produtos de capitalização nas agências do BB originárias do Banco Nossa Caixa


	Agência do Banco do Brasil: acordo prevê a cessão pela Icatu à Brasilcap de seus direitos e obrigações como parceira no acordo operacional para comercialização de títulos de capitalização com o Banco Nossa Caixa
 (Adriano Machado/Bloomberg)

Agência do Banco do Brasil: acordo prevê a cessão pela Icatu à Brasilcap de seus direitos e obrigações como parceira no acordo operacional para comercialização de títulos de capitalização com o Banco Nossa Caixa (Adriano Machado/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 2 de maio de 2014 às 10h35.

São Paulo - A BB Seguridade anunciou nesta sexta-feira que seu controlador Banco do Brasil, a BB Corretora de Seguros, a Icatu e a Brasilcap assinaram contrato de cessão de direitos para iniciar a venda de produtos de capitalização nas agências do Banco do Brasil originárias do Banco Nossa Caixa.

Segundo comunicado, o acordo prevê a cessão pela Icatu à Brasilcap de seus direitos e obrigações como parceira no acordo operacional para comercialização de títulos de capitalização com o Banco Nossa Caixa.

Também deve ocorrer a cessão pelo BB à BB Corretora dos direitos de venda de títulos de capitalização nas agências do BB oriundas do Nossa Caixa, o que permitirá à BB Corretora iniciar a venda de produtos de capitalização da Brasilcap Nas agências.

Por fim, o acordo prevê também a obrigação da Brasilcap pagar à Icatu Cap 61,664 milhões de reais em quatro parcelas anuais, como preço da cessão.

Acompanhe tudo sobre:aplicacoes-financeirasBancosBB SeguridadeBB – Banco do BrasilEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasTítulos de capitalização

Mais de Negócios

Adeus, CLT? Franquia é modelo de negócio ideal para quem vai começar a empreender, diz especialista

Papo de Empreendedores: conectividade, empreendedorismo e energia embalam painéis para PMEs; assista

Faturamento das PMEs cresce 5,2% no segundo trimestre

Fintech de música, Strm capta R$ 35 milhões e atrai dupla sertaneja Henrique e Juliano em rodada

Mais na Exame