Acordo com OGX não envolve contrato financeiro, diz Shell

O presidente da Shell no Brasil disse que a perspectiva de a OGX parar de produzir petróleo em Tubarão Azul, seu único campo em atividade, não traz implicação para a empresa

Rio de Janeiro - O presidente da Shell Brasil, André Araújo, afirmou nesta quinta-feira, 04, que os acordos fechados com a OGX para entrega de duas cargas de óleo não envolvem compromissos financeiros.

Segundo ele, havia apenas um acordo de que, havendo óleo, este seria entregue à Shell. O executivo disse que a perspectiva de a OGX parar de produzir petróleo em Tubarão Azul, seu único campo em atividade, não traz nenhuma implicação para a Shell.

Despreocupado, Araújo afirmou que sequer sabia confirmar se as duas cargas já haviam sido entregues. As duas cargas, uma de 600 mil e outra de 800 mil barris, teriam sido entregues no ano passado.

Os comentários foram feitos a jornalistas, no Rio, após evento da empresa para publicação de livro sobre cenários de energia para o futuro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.