Negócios

Abreu renuncia ao cargo de vice-presidente financeiro da Kroton

No seu lugar vai assumir, a partir de 1º de janeiro de 2018, Jamil Saud Marques, que foi aprovado pelo conselho de administração da Kroton

Kroton: Abreu atuava na companhia desde 2009 (Germano Lüders/Exame)

Kroton: Abreu atuava na companhia desde 2009 (Germano Lüders/Exame)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 7 de dezembro de 2017 às 20h30.

São Paulo - A Kroton anunciou a renúncia de Frederico Brito e Abreu do cargo de vice-presidente financeiro. Segundo a companhia, ele "decidiu trilhar novos desafios". Ele atuava na companhia desde 2009 e, em comunicado, a Kroton reconhece que ele teve papel de destaque em operações importantes, como nas fusões e aquisições com IUNI, Unopar e Anhanguera. Ele vai continuar no cargo até o final deste ano.

No seu lugar vai assumir, a partir de 1º de janeiro de 2018, Jamil Saud Marques, que foi aprovado pelo conselho de administração da Kroton.

O executivo atuava como diretor de planejamento financeiro responsável pelas áreas de Planejamento Financeiro e Controle Orçamentário, Tesouraria, Crédito e Cobrança e Produtos Financeiros. Ele já teve passagens pela AES Brasil, McKinsey & Company e UBS.

Foram escolhidos ainda três novos membros para a diretoria estatutária da Kroton. Foram nomeados Américo Matiello Junior como vice-presidente Presencial e Campus, Mario Ghio Junior como vice-presidente Acadêmico e de Educação Básica e Roberto Afonso Valério Neto como vice-presidente Graduação EAD e Polos. Valério Neto foi presidente da Anhanguera antes da fusão. Os três tomarão posse nesta sexta-feira e cumprem mandato até 31 de dezembro de 2018.

Acompanhe tudo sobre:Cogna Educação (ex-Kroton)Conselhos de administraçãoEducaçãoExecutivos

Mais de Negócios

Adeus, CLT? Franquia é modelo de negócio ideal para quem vai começar a empreender, diz especialista

Papo de Empreendedores: conectividade, empreendedorismo e energia embalam painéis para PMEs; assista

Faturamento das PMEs cresce 5,2% no segundo trimestre

Fintech de música, Strm capta R$ 35 milhões e atrai dupla sertaneja Henrique e Juliano em rodada

Mais na Exame