A Amazon será a primeira empresa de 1 trilhão de dólares?

A varejista já vale 887 bilhões de dólares e as ações têm alta acumulada de 59,3% no ano

Quando divulgar seu balanço do segundo trimestre deste ano nesta quinta-feira, a varejista digital Amazon estará comemorando dois anos de bons ventos. Em julho de 2016, a companhia apresentou seu trimestre mais lucrativo da história, com ganhos 832% maiores do que um ano antes. Hoje, a empresa, que já foi conhecida como uma exímia gastadora, apresenta resultados com investidores e analistas animados, acreditando que a Amazon pode ser a primeira empresa a alcançar o valor de mercado de 1 trilhão de dólares, à frente da gigante de tecnologia Apple.

É esperado que a Amazon atinja um faturamento de 53,37 bilhões de dólares no período, uma alta de 40,5% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Os lucros devem ser de 2,65 dólares por ação. A companhia já vale 887 bilhões de dólares e as ações têm alta acumulada de 59,3% no ano — o índice S&P 500, em comparação, subiu 6,45% em 2018. De 2015 pra cá, as ações já subiram 247,5%.

Entre as razões para ânimo está o número de assinaturas do serviço premium Amazon Prime, que já chega a 55 milhões de residências nos Estados Unidos e deve contribuir com 1 bilhão de dólares em lucro para a Amazon anualmente.

Durante o Prime Day, evento de promoções da empresa que aconteceu este mês, a Amazon informou que conseguiu mais assinaturas Prime do que em qualquer outro dia de sua história. Segundo um relatório da consultoria eMarketer, a Amazon deve capturar 49,1% do mercado de e-commerce dos Estados Unidos até o final do ano, deixando grandes concorrentes como e-Bay, Apple e Walmart com fatias bem mais modestas, de 6,6%, 3,9% e 3,7%, respectivamente.

O serviço de computação em nuvem Amazon Web Services (AWS) deve apresentar também mais um trimestre de sucesso. O consenso é que o AWS cresça 46% em relação ao ano passado, para um faturamento de 5,98 bilhões de dólares. Com um lucro de 1,47 bilhão de dólares.

Jeff Bezos, presidente da empresa já é o homem mais rico do mundo, com a maior fortuna da era moderna. Se sua empresa continuar no caminho em que está, sua fortuna deve continuar crescendo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.