Turquia transferiu 5 mil agentes que investigam corrupção

Governo turco transferiu cerca de cinco mil policiais que trabalhavam em algumas investigações por corrupção

Ancara - O Governo turco transferiu cerca de cinco mil policiais que trabalhavam em algumas investigações por corrupção que afetam pessoas próximas ao Executivo e o partido governamental, segundo a apuração feita nesta quinta-feira por vários meios de comunicação locais.

O jornal "Habertürk" diz que com a mudança na quarta-feira de 600 agentes em várias cidades, já chega a quase cinco mil o número total de efetivos que foram colocados em outros postos há um mês.

Este meio especifica que só em Ancara, a capital, foram transferidos já cerca de três mil agentes, enquanto em Istambul, a maior cidade do país, o número alcança os 1.612.

Segundo o jornal "Vatan", o número total de mudanças é de 4 mil, enquanto em Birgün o número é de 1.500 mudanças de postos.

Ontem, 470 agentes de Ancara, a maioria destinados no departamento contra o contrabando e o crime organizado, foram colocados em outros postos menos influentes.

Entre os oficiais recolocados figura o chefe do departamento de delitos financeiros, que foi nomeado subchefe na unidade de antidistúrbios.

Este oficial estava a cargo de uma investigação sobre corrupção no porto da cidade de Esmirna, na qual aparece envolvido o candidato a prefeito do governamental Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP).

Além das mudanças na polícia, o Executivo transferiu mais de cem juízes e promotores que são considerados próximos ao movimento islamita de Fethullah Gülen, quem o primeiro-ministro, Recep Tayyp Erdogan, acusa de conspirar contra seu Governo.

O Executivo também propôs uma reforma do principal órgão da judiciário, conhecido por sua siglas HSYK, que o colocaria sob controle do Ministério da Justiça, algo que a oposição, e inclusive a União Europeia, viram como uma ameaça para a separação de poderes e o estado de Direito.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.