Sobe para 49 o número de mortos após passagem de tufão no Vietnã

Mais de 40.000 casas ficaram destruídas pelas fortes chuvas, com ventos de até 130 km/h que devastaram a região

Ao menos 49 pessoas morreram e 19 estão desaparecidas após a passagem do tufão Damrey pelo Vietnã, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira, a poucos dias da reunião de cúpula do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) que acontecerá no país.

A cidade de Danang, sede da reunião da APEC, que terá as presenças dos presidentes dos Estados Unidos, China e Rússia, sofreu danos leves.

Perto de Danang, a cidade histórica de Hoi An, incluída na lista de patrimônio mundial da Unesco e que está no programa de visitas dos cônjuges dos governantes que participarão na reunião de cúpula, estava inundada.

As autoridades, que determinaram a retirada dos turistas, não informaram se a visita está mantida.

A tempestade, que tocou a terra no sábado, foi a mais violenta a atingir a costa sul do país em várias décadas. Em geral, esta região não é afetada pela temporada de tufões que castiga o norte do país.

Mais de 40.000 casas ficaram destruídas pelas fortes chuvas, com ventos de até 130 km/h que devastaram a região, de acordo com a agência estatal que coordena a gestão de desastres.

A província costeira de Khanh Hoa foi a mais afetada, com 16 mortos e 10 feridos. Mais de 30.000 pessoas, incluindo turistas estrangeiros, foram retiradas da região antes da passagem do tufão.

Muitos voos foram cancelados e as viagens ferroviárias estavam suspensas. De acordo com as autoridades da província de Phu Yen, a cidade de Tuy Hoa "nunca sofreu tamanho nível de destruição".

Desde o início de 2017, o Vietnã foi afetado por uma dezena de grandes tempestades que deixaram pelo menos 240 mortos ou desaparecidos.

De acordo com o Banco Mundial, os desastres naturais no Vietnã deixaram mais de 13.000 mortos e provocaram danos avaliados em mais de 6,4 bilhões de dólares nas últimas duas décadas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.