Rússia e EUA preparam reunião durante cúpula do Apec

Rússia e os EUA preparam reunião de seus presidentes, Vladimir Putin e Barack Obama, respectivamente, no dia 7 de outubro durante a cúpula de líderes do Apec

Moscou - A Rússia e os Estados Unidos preparam uma reunião bilateral de seus presidentes, Vladimir Putin e Barack Obama, respectivamente, no próximo dia 7 de outubro durante a cúpula de líderes do Apec que será realizada em Bali (Indonésia), anunciou nesta quinta-feira o assesor da Presidência russa, Yuri Ushakov.

"Os parâmetros organizativos deste encontro estão sendo acordados pelas partes neste momento e achamos que o encontro vai acontecer", explicou o assessor de Putin em entrevista coletiva.

Está previsto que os dois líderes falem sobre "o desenvolvimento dos acordos e as perspectivas do trabalho conjunto" sobre a resolução do conflito na Síria e a destruição do arsenal químico do país ordenada por uma recente resolução do Conselho de Segurança da ONU, antecipou Ushakov.

Seria a primeira reunião bilateral entre os dois presidentes depois da realizada em junho durante a Cúpula do Grupo dos Oito países mais desenvolvidos (G8) na Irlanda do Norte.

A visita que Obama tinha previsto a Moscou no início de setembro e também o encontro bilateral com Putin na cúpula do G20 de São Petersburgo foram cancelados pela Casa Branca depois que Moscou concedeu asilo temporário ao ex-analista da CIA Edward Snowden, que denunciou a espionagem das comunicações em massa por Washington.


No entanto, a cúpula do G20 (grupo de países desenvolvidos e emergentes), à qual o líder americano chegou após ameaçar à Síria de uma intervenção militar iminente, foi para Putin o início do que se transformaria em uma das maiores vitórias diplomáticas de sua carreira política.

Uma proposta que o líder do Kremlin fez a Obama durante o jantar informal da cúpula tornou-se na solução para evitar o ataque contra o país árabe.

Putin ofereceu ao líder americano conseguir do regime sírio de Bashar al-Assad o compromisso de colocar suas armas químicas sob o controle internacional.

Segundo Ushakov, a reunião em Bali também "é uma proposta russa, apoiada em seguida pela parte americana".

"É bastante lógico, levando em conta o trabalho sobre a Síria, manter uma reunião em Bali", afirmou Ushakov.

O Fórum de Cooperação Econômica Ásia Pacífico (Apec) conta com 21 economias desta região: Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Estados Unidos, Rússia, Filipinas, Hong Kong, Indonésia, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Peru, Coreia do Sul, China, Cingapura, Tailândia, Taiwan e Vietnã.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.