Prefeitura de Itajaí pede doação para vítimas da chuva

O município é um dos que mais preocupam a Defesa Civil de Santa Catarina devido à sua localização no final da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí-Açu

Curitiba – Um dos municípios que mais preocupam a Defesa Civil de Santa Catarina na tarde de hoje (9) é Itajaí, devido à sua localização no final da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí-Açu. A boa notícia é que o rio está baixando em relação ao nível registrado na manhã de hoje. Em Blumenau, chegou a 12,40 metros e agora está em 11,40 metros.

Em Itajaí, vários pontos da cidade já foram tomados pelas águas. Há 2,9 mil desabrigados e pelo menos 8 mil desalojados. Para auxiliar os atingidos, o município está solicitando doações de alimentos não perecíveis, água e colchões. Soldados do Exército organizam o recebimento dos donativos.

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Itajaí, Everlei Pereira, não serão aceitas doações de roupas, uma vez que não há logística no momento para a separação e a distribuição dessas peças.

As chuvas das últimas horas já afetaram cerca de 700 mil pessoas em Santa Catarina. O governo do estado informa que está disponibilizando todo a sua estrutura para atender os 71 municípios mais atingidos. Ontem (8) foram liberados, em caráter de emergência, R$ 3 milhões para o pronto-atendimento.

A trégua da chuva agora à tarde permitiu condições de voo nas regiões mais atingidas. Helicópteros do Corpo de Bombeiros seguem para Blumenau, enquanto o da Polícia Militar vai para Navegantes e Brusque vai contar com o apoio da Polícia Civil.

O governador Raimundo Colombo e o secretário estadual de Defesa Civil, Geraldo Althoff, recebem daqui a pouco a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e o secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, que vão verificar a situação dos municípios atingidos pelas chuvas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.