Para França, jornalista pode ser considerado refém das Farc

Repórter foi ferido e capturado junto com outros cinco soldados colombianos, que foram posteriormente libertados

Paris - O Ministério das Relações Exteriores da França disse nesta segunda-feira que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) são responsáveis pelo sequestro do jornalista francês Romeo Langlois, capturado neste sábado quando fazia uma reportagem sobre uma operação do exército colombiano contra o narcotráfico.

''Apesar de não existir reivindicação formal de seu sequestro, consideramos, de acordo com as autoridades colombianas, que nosso compatriota está muito provavelmente em mãos das Farc'', disse um porta-voz do ministério.

O funcionário acrescentou que a França considera as Farc ''responsáveis pela situação de Langlois'' e lembrou que a guerrilha ''se comprometeu publicamente a renunciar aos sequestros''.

''Pedimos respeito a este compromisso e solicitamos a libertação imediata de Langlois'', afirmou. O jornalista é correspondente na Colômbia da emissora ''France 24'' e do jornal ''Le Figaro''.

O repórter foi ferido e capturado junto com outros cinco soldados colombianos, que foram posteriormente libertados.

O porta-voz reiterou que as autoridades francesas trabalham em colaboração com as colombianas para conseguir a libertação do jornalista. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.