A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Mulher é condenada à prisão perpétua por esquartejamentos

O veredicto foi anunciado hoje por um júri na Audiência Provincial de Viena após quatro dias de um julgamento

Viena .- A cidadã hispânico-mexicana Estibaliz Carranza foi condenada nesta quinta-feira à prisão perpétua pelo assassinato de seu ex-marido em 2008 e de um amante em 2010, aos quais esquartejou e cujos restos escondeu no porão da sorveteria que gerenciava em Viena.

O veredicto foi anunciado hoje por um júri na Audiência Provincial de Viena após quatro dias de um julgamento que começou com a acusada reconhecendo a autoria dos dois crimes.

A pena de cadeia perpetua ditada pela juíza do caso inclui o internamento em um centro para criminosos com desequilíbrios mentais, já que a perícia psicológica considerou que, embora seja responsável por seus atos, Estibaliz padece de um grave transtorno de personalidade. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também