A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Kiev denuncia concentração de blindados russos na fronteira

Kiev denunciou a concentração de blindados russos na fronteira russo-ucraniana

Kiev - Kiev denunciou nesta segunda-feira a concentração de blindados russos na fronteira russo-ucraniana, tanto à altura da região de Lugansk, no conflituoso leste da Ucrânia, como na península da Crimeia, anexada por Moscou em março.

"Cem blindados das Forças Armadas da Rússia chegaram de trem à estação ferroviária de Otvázhnoe, na região de Rostov. A coluna partiu rumo a Novoshajtinsk", cidade russa na fronteira com a região ucraniana de Lugansk, denunciou o porta-voz do Comitê de Segurança Nacional e Defesa da Ucrânia, Andrei Lisenko.

Segundo Lisenko, as tropas russas também reforçaram a presença de seus blindados em uma estreita faixa de terra que separa a Crimeia do resto do território da Ucrânia, à altura da cidade ucraniana de Strelkóvoe, na região de Jersón.

Além disso, disse que o Conselho de Segurança Nacional ucraniano dispõe de dados que indicam que os militares russos estão minando as águas territoriais da Crimeia nos mar de Azov, consideradas ucranianas por Kiev e pela maior parte da comunidade internacional.

"Essas águas são as que cercam as plataformas de extração de gás. Duas lanchas russas cobrem os trabalhos de minado", assinalou Lisenko.

A suposta concentração das tropas russas na fronteira coincide com a chegada à Ucrânia dos analistas internacionais que deverão investigar as circunstâncias da queda na quinta-feira do Boeing 777 malásio, que caiu com 298 passageiros a bordo em uma região controlada pelos separatistas russófilos.

A Ucrânia e parte da comunidade internacional, com o Ocidente à frente, carregaram estes dias contra a Rússia pelo apoio que o país presta aos separatistas que agem no leste da Ucrânia, suspeitos por sua vez de estarem envolvidos no incidente com o avião malásio.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também