Gel pode reduzir contaminação durante aplicação de agrotóxicos

Produto derivado da celulose pode ser alternativa para reduzir a contaminação de pessoas e do ambiente

São Paulo - Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), câmpus de Sorocaba (SP), revela que o uso de gel a base de celulose pode ser alternativa para reduzir a contaminação de pessoas e do ambiente durante a pulverização de lavouras com defensivos agrícolas.

O gel mais comum, de acetato de celulose, misturado à água usada na diluição do agroquímico, absorve o princípio ativo e libera aos poucos a substância potencialmente tóxica, amenizando o impacto no solo e na água. Herbicidas, largamente usados na agricultura brasileira, são considerados cancerígenos.

O estudo foi realizado como dissertação de mestrado do programa de pós-graduação em Ciência dos Materiais pela pesquisadora Patrícia Allue Dantas, sob orientação de Vagner Roberto Botaro, professor do Departamento de Física, Química e Matemática (DFQM) da universidade. A tese foi defendida no dia 16.

No trabalho foram avaliados géis sintetizados que se mostraram ótimos materiais para encapsulamento do tipo de herbicida mais utilizado. Após a síntese, os géis podem ser empregados em sistemas de liberação controlada para alguns medicamentos e também para encapsular herbicidas, pois atualmente são utilizados polímeros naturais como semiembalagem, como o plástico solúvel em água que é constituído de amido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também