Farc decretam cessar-fogo unilateral por um mês

Na véspera, os quatro países que acompanham o processo de paz convocaram o governo e a guerrilha das Farc a uma desescalada urgente do conflito armado

Havana - A guerrilha das Farc anunciou nesta quarta-feira que ordenará um cessar-fogo unilateral por um mês a partir de 20 de julho, respondendo ao pedido dos quatro países que acompanham o processo de paz para a Colômbia.

"Atendendo ao espírito do pedido dos avalistas do processo, Cuba e Noruega, e dos acompanhantes do mesmo, Venezuela e Chile, anunciamos nossa disposição de ordenar um cessar-fogo unilateral a partir de 20 de julho, por um mês", afirmou à imprensa o chefe negociador das Farc, Iván Márquez.

Na véspera, os quatro países que acompanham o processo de paz convocaram o governo e a guerrilha das Farc a uma desescalada urgente do conflito armado neste país, após um aumento das hostilidades.

Os governos de Cuba e Noruega (avalistas do processo de paz) e de Chile e Venezuela (acompanhantes) "fazem um chamado às partes pela desescalada urgente do conflito armado", disse em um comunicado lido à imprensa o diplomata Rodolfo Benítez.

"Convocamos as partes a restringir ao máximo as ações de todo tipo que provocam vítimas e sofrimentos na Colômbia, e a intensificar a implementação de medidas de construção de confiança", acrescentou Benítez, acompanhado pela diplomata norueguesa Idun Aarak Tvedt, que leu o mesmo comunicado em inglês.

Os quatro países afirmaram que é preciso desescalar o conflito para criar um clima propício que permita que as partes consigam encerrar os pontos pendentes da agenda, "incluindo a adoção de um acordo bilateral e definitivo de cessar-fogo e das hostilidades, e o que se refere aos direitos das vítimas".

Além disso, os quatro países reiteraram seu compromisso de continuar apoiando "as negociações de paz e a adoção, no menor tempo possível, de um acordo final para o fim do conflito e a construção de uma paz estável e duradoura na Colômbia".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.