Mundo

EUA e países europeus emitem alerta contra viagens a Israel em meio a risco de ataque do Irã

Na Europa, o Reino Unido avisou que há "possibilidade de ataque no território israelense pelo Irã" e advertiu contra viagens ao país do Oriente Médio

A França também pediu que os cidadãos evitem viajar ao Irã, Líbano, Israel e Palestina nos próximos meses (Belal ALSABBAGH con Chloé ROUVEYROLLES-BAZIRE/AFP Photo)

A França também pediu que os cidadãos evitem viajar ao Irã, Líbano, Israel e Palestina nos próximos meses (Belal ALSABBAGH con Chloé ROUVEYROLLES-BAZIRE/AFP Photo)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 12 de abril de 2024 às 20h11.

Vários países emitiram hoje alertas contra viagens de seus cidadãos a Israel, em meio à crescente expectativa de que o Irã efetue um ataque em território israelense nas próximas horas. A eventual investida seria uma resposta à ofensiva que destruiu o consulado iraniano em Damasco, na Síria, no começo do mês.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos pediu que americanos exerçam cuidado em Israel, na Cisjordânia e na Faixa de Gaza "devido à situação de segurança e ao aumento das tensões regionais".

Ataques no Irã

Na Europa, o Reino Unido avisou que há "possibilidade de ataque no território israelense pelo Irã" e advertiu contra viagens ao país do Oriente Médio. "Há uma tensão crescente entre o Irão e Israel. Qualquer ação militar poderá aumentar rapidamente e representar riscos para toda a região", disse a diplomacia britânica.

A França também pediu que os cidadãos evitem viajar ao Irã, Líbano, Israel e Palestina nos próximos meses, segundo revelou o ministério das Relações Exteriores francês à agência AFP.

Já a Alemanha instou os seus cidadãos a deixarem o Irã por conta do risco de uma repentina eclosão de um conflito amplo. "Não se pode descartar que as rotas de transporte aéreo, terrestre e marítimo também possam ser afetadas por uma escalada, com possíveis interrupções nas viagens de entrada e saída do Irã", ressaltou.

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)IsraelSíriaCisjordâniaFaixa de GazaIrã - País

Mais de Mundo

Bandeira invertida coloca Suprema Corte dos EUA em apuros

Primeiro-ministro eslovaco passa por nova cirurgia e segue em estado grave

Vaticano alerta contra episódios imaginários relacionados a milagres e aparições

Governo Biden quer reclassificar maconha como droga de menor risco

Mais na Exame