EUA: crescimento do PIB de 2,7% em 2011 e 3,6% em 2012

Expectativa do governo para 2011 é mais cautelosa do que as do Fed e do FMI

Washington - A Casa Branca informou nesta segunda-feira ter revisto para baixo sua previsão de crescimento do PIB americano para 2011, a 2,7%, mas considera que este aumentará 3,6% em 2012, enquanto o desemprego deveria se manter elevado, em 9,3% em média em 2011, caindo para 8,6% em 2012.

A previsão anterior do Estado situava o PIB de 3,2% em 2011, e de 3,6% em 2012.

O governo mostra-se mais prudente que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2011.

O presidente do Fed, Ben Bernanke, informou que o crescimento deveria situar-se entre 3,0% e 4,0% em 2011. O FMI prevê 3,0% para este ano.

Ao contrário, o governo é muito mais otimista que o FMI com relação a 2012, visto que o Fundo informou em janeiro que o crescimento americano deveria se desacelerar em 2012, para 2,7%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.