EUA consideram impor sanções a vice-presidente da Venezuela

Segundo fontes, El Aissami pode ser colocado sob a lei de designação de narcóticos, por ter desempenhado um papel significativo no tráfico de drogas

Washington – O governo dos Estados Unidos planeja colocar o vice-presidente executivo venezuelano, Tareck El Aissami, sob a lei de designação de narcóticos, por ter desempenhado um papel significativo no tráfico de drogas, disseram fontes norte-americanas nesta segunda-feira.

Um associado de El Aissami, chamado Samark Jose Lopez Bello, também foi citado por fornecer assistência material, apoio financeiro ou bens ou serviços em apoio às atividades de El Aissami, segundo as fontes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.