Estudantes protestam contra presidente iemenita

Pelo menos 3 mil pessoas saíram às ruas pedindo a renúncia de Ali Abdallah Saleh

Sanaa - Pelo menos 3.000 estudantes e advogados se manifestaram nesta segunda-feira em Sanaa para exigir a renúncia do presidente iemenita Ali Abdallah Saleh.

"Depois de Mubarak, Ali" e "o povo quer a queda do regime", gritavam os manifestantes, inspirados pela revolta popular egípcia que em 18 dias de fortes protestos pôs fim aos 30 anos da presidência de Hosni Mubarak.

Os manifestantes se reuniram na Universidade de Sanaa e tentaram seguir até a Praça Tahrir (Praça da Libertação), mas as forças de segurança instalaram alambrados para impedir o acesso.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.