Comissário britânico de serviços financeiros na UE renuncia

A decisão de Jonathan Hill vem na sequência da renúncia do Primeiro Ministro David Cameron

Bruxelas -- O representante britânico na União Europeia (UE) em Bruxelas, Comissário de Serviços Financeiros Jonathan Hill, disse neste sábado que estava renunciando após o referendo que decidiu pela saída do Reino Unido da UE, posição contrária à dele.

"Eu não acredito que eu deveria continuar como comissário britânico como se nada tivesse acontecido", disse Hill em um comunicado. "Eu disse, portanto, (ao presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker) que eu vou sair." "Ao mesmo tempo, precisa haver uma transição organizada, então eu disse que vou trabalhar com ele para garantir que isso aconteça nas próximas semanas." A decisão de Hill vem na sequência da renúncia do premiê David Cameron, também após o referendo de quinta-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.