Colômbia confirma casos de microcefalia associados ao zika

Os bebês infectados nasceram entre 1º de janeiro e 27 de março deste ano

Bogotá - O vice-ministro de Saúde da Colômbia, Fernando Ruiz, anunciou nesta quinta-feira que foram confirmados os dois primeiros casos de microcefalia em recém-nascidos associados com o vírus da zika no país.

Os bebês infectados nasceram entre 1º de janeiro e 27 de março deste ano, anunciou Ruiz em entrevista coletiva na qual explicou que atualmente são estudados os casos de outras 15 crianças nascidas com microcefalia no mesmo período para verificar se têm conexão com o vírus.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também