Caças chineses interceptam avião militar dos EUA

O avião WC-135, popularmente chamado de "farejador", cumpria uma missão de rotina sobre águas internacionais quando foi interceptado

Dois caças chineses interceptaram um avião militar americano sobre o Mar da China Oriental, informou a imprensa dos Estados Unidos.

O canal NBC News informou que o avião, um WC-135 Constant Phoenix de reconhecimento atmosférico, cumpria uma missão de rotina sobre águas internacionais quando foi interceptado por dois caças chineses Sukhoi Su-30.

O avião WC-135, popularmente chamado de “farejador”, foi projetado para buscar sinais de atividade nuclear na atmosfera.

A NBC informou que a tripulação do avião americano descreveu o encontro como “nada profissional”, mas não necessariamente perigoso.

A emissora indicou que as autoridades militares insistiram que o avião americano operava de acordo com as leis internacionais.

Uma fonte explicou ao canal que o incidente seria tratado com Pequim através dos “canais diplomáticos adequados”.

A porta-voz do ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, afirmou em uma entrevista coletiva de rotina que não tinha informações sobre este incidente e o ministério da Defesa chinês não respondeu aos pedidos da AFP para um comentário.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.