Baianos pagarão menos pela energia; gaúchos pagarão mais

Os consumidores residenciais e de baixa renda atendidos pela Companhia de Eletricidade da Bahia serão beneficiados com redução de 10,53% na conta de energia

Brasília – A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou hoje (16) os índices de revisão tarifária de quatro concessionárias. Os novos valores passam a valer na próxima semana. Os índices devem incidir sobre as tarifas reduzidas em janeiro.

Os consumidores residenciais e de baixa renda atendidos pela Companhia de Eletricidade da Bahia serão beneficiados com redução de 10,53% na conta de energia. Para as indústrias, a queda é 4,03%. A empresa abastece 5 milhões de unidades consumidoras em 415 municípios baianos.

Para Rio Grande do Norte, a atualização das tarifas resultou em aumento de 3,42% para as residências e 7,33% para as indústrias. O reajuste atinge 1,2 milhão consumidores em 167 municípios.

O índice da AES Sul, que atende 1,2 milhão de consumidores em 118 municípios gaúchos, ficou em 3,6% para residências e 3,91% para indústrias.

Os consumidores residenciais atendidos pela Energisa Sergipe sofrerão aumento de 6,12%. As indústrias, redução de 0,07% na tarifa de energia. A distribuidora presta serviço para 638 mil unidades consumidoras em 63 municípios.

A revisão tarifária periódica é feita em média a cada quatro anos e tem como objetivo analisar o equilíbrio econômico-financeiro da concessão.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.