Atentados com carro-bomba no norte da Síria deixam mortos

Várias pessoas morreram ou ficaram feridas devido à explosão de dois carros-bomba nas províncias de Idlib e de Al Hasaka, no norte da Síria

Damasco - Várias pessoas morreram ou ficaram feridas nesta sexta-feira devido à explosão de dois carros-bomba nas províncias de Idlib e de Al Hasaka, no norte da Síria, informaram a emissora de televisão oficial e ativistas.

Uma das explosões aconteceu perto de uma escola na cidade de Idlib, capital da província de mesmo nome, enquanto o outro foi registrado no bairro de Tai, em Qamehsli, na região de Al Hasaka, explicou a emissora.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou que as duas explosões deixaram um número indeterminado de vítimas.

A organização, com sede em Londres e uma ampla rede de ativistas na Síria, afirmou que o atentado de Idlib foi realizado por um suicida que estava em um caminhão-bomba no distrito de Al Qusur.

O Observatório acrescentou que, no caso do ataque em Qameshli, onde a maior parte da população é curda, a explosão ocorreu perto de uma sede das forças de defesa nacionais, compostas por milicianos de tribos árabes leais ao regime de Bashar al-Assad.

Mais de 100 mil pessoas morreram desde o início do conflito na Síria, em março de 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.