Mundo

Ataques russos na região de Donetsk deixam ao menos 11 mortos e 43 feridos

Outras 43 pessoas ficaram feridas na região ao longo do dia

Militares ucranianos empilham sacos de terra para construir uma fortificação (AFP/AFP)

Militares ucranianos empilham sacos de terra para construir uma fortificação (AFP/AFP)

EFE
EFE

Agência de Notícias

Publicado em 6 de julho de 2024 às 11h16.

Última atualização em 6 de julho de 2024 às 11h36.

Onze civis morreram e outros 43 ficaram feridos em vários ataques russos ocorridos NA última sexta-feira, 5, na região de Donetsk, no leste da Ucrânia, informou este sábado o chefe da administração militar regional, Vadim Filashkin.

“Em 5 de julho, os russos mataram 11 moradores da região de Donetsk: cinco em Selidove, três em Chasiv Yar, um em Komar, Toretsk e Ukrainsk”, respectivamente, informou em mensagem no Telegram.

Além disso, outras 43 pessoas ficaram feridas na região ao longo do dia, acrescentou, 15 delas em Selidove, 18 em Komar, três em Toretsk, duas em Ukrainsk e uma, respectivamente, em Konstiantinivka, Ivanivka, Perebudova, Sloviansk e Druzhba.

No total, desde o início da invasão russa, ao menos 2.064 pessoas foram mortas e outras 5.316 feridas na região de Donetsk, números que não incluem vítimas em Mariupol e Volnovakha, afirma.

Acompanhe tudo sobre:RússiaUcrâniaGuerras

Mais de Mundo

Disneylândia evita greve ao chegar a acordo provisório com sindicatos

Incêndio no Aeroporto JFK deixa ao menos 9 feridos, e quase mil pessoas são evacuadas, em Nova York

22 de julho foi o dia mais quente registrado no mundo, quebrando o recorde do dia anterior

TSE desmente Maduro e afirma que urna eletrônica brasileira é 'totalmente auditável'

Mais na Exame