Alemanha pede que Putin não use armas biológicas e químicas na Ucrânia

'Isso seria inaceitável e imperdoável', disse chanceler da Alemanha, Olaf Scholz
 (Reprodução/Pixabay)
(Reprodução/Pixabay)
Por ReutersPublicado em 23/03/2022 09:57 | Última atualização em 23/03/2022 09:57Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, advertiu o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em conversas diretas para não utilizar armas biológicas ou químicas na Ucrânia, informou o semanário Die Zeit nesta quarta-feira.

Quer saber tudo sobre a política internacional? Assine a EXAME por menos de R$ 11/mês e fique por dentro.

As afirmações russas de que a Ucrânia estava desenvolvendo tais armas ou que os Estados Unidos queriam usá-las pareciam "como uma ameaça implícita de que o próprio Putin está considerando usar essas armas", disse Scholz, segundo a publicação.

"É por isso que era importante para mim dizer a ele muito clara e diretamente: Isso seria inaceitável e imperdoável", disse Scholz ao Die Zeit.