Marketing

Campeonato Brasileiro terá outro nome após compra de naming rights, saiba mais

Após estampar as camisas do Atlético-MG e Fluminense, a Betano será a patrocinadora e parceira exclusiva de apostas do Campeonato Brasileiro da Série A

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 12 de abril de 2024 às 12h00.

Última atualização em 12 de abril de 2024 às 13h48.

Tudo sobreApostas esportivas
Saiba mais

Após estampar as camisas do Atlético-MG e Fluminense, a Betano será a patrocinadora e parceira exclusiva de apostas do Campeonato Brasileiro da Série A. Com início neste final de semana, a competição será chamada de Brasileirão Betano 2024.

O anúncio feito hoje, 12, é o mais recente de uma série de novidades da empresa em 2024. A marca já se tornou parceira oficial e exclusiva de apostas da Conmebol Copa América 2024 e do UEFA Euro 2024, enquanto no Brasil, já patrocina a Copa Betano do Brasil.

O novo acordo concede à Betano os naming rights da competição nacional mais popular da América do Sul.

Juntas, Betano e CBF pretendem elevar a experiência da competição para todos os torcedores do Brasil e do mundo. Ao mesmo tempo, as duas partes planejam trabalhar em iniciativas que beneficiarão os torcedores brasileiros em geral.

“A partir de hoje, a icônica liga nacional de futebol do Brasil será conhecida como Brasileirão Betano e isso é muito especial. Nos últimos anos, a qualidade da Série A brasileira, já entre as principais ligas de futebol do mundo, atingiu um nível totalmente novo. Não é por acaso que nos últimos cinco anos um time brasileiro sempre vence a Copa Libertadores. Assistimos a disputas emocionantes pelo título, com muitas equipes diferentes lutando para emergir como campeãs brasileiras”, destaca Tomasz Majewski, head de Patrocínios da Betano.

Além do patronício, Majewski comenta sobre a importância das ativações e experiências de marca para se aproximar dos torcedores. "Temos um plano sofisticado de como envolver os fãs, como criar experiências dentro do estádio, mas também de forma digital. Queremos estender a diversão dos fãs ao assistir a uma partida de futebol por meio de atividades de ativação fora do estádio durante o intervalo e também além disso, com a casa Betano com uma experiência imersiva em alguns lugares", diz.

Nos bastidores o valor gira na casa dos R$ 50 milhões, mas a marca não confirmou o montante.

Betano é uma das patrocinadoras do Atlético-MG. (Gustavo Aleixo / Cruzeiro/Divulgação)

"O patrocínio está no nosso DNA. Sempre queremos ter parceiros premium e a CBF e o Brasileirão Betano são absolutamente um produto premium com o qual queremos nos associar. Queremos estar por todo o Brasil, em todos os estádios e esta é a oportunidade perfeita e o parceiro perfeito para sermos visíveis e capazes de ativar nossa parceria na maioria das cidades do Brasil", diz.

Regulamentação das apostas

As apostas são legalizadas no Brasil desde 2018, mas ainda não foram regulamentadas e deixam de ser tributadas.

"A partir do momento da regulação, apostar fora do Brasil será ilegal. Teremos meios eficientes, e a busca é ter o índice inglês de 87% de sites de apostas hospedados e legalizados no Brasil", afirmou Manssur durante a audiência na Câmara no ano passado. "Não desconfiem da capacidade do Estado brasileiro de coibir a ilegalidade. Nós vamos coibir a ilegalidade."

No ano passado, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu taxar as empresas e os apostadores que operam no mercado de apostas esportivas no Brasil.

Os apostadores serão taxados em 30% sobre os valores dos prêmios recebidos durante um evento esportivo. Haverá isenção para ganhos que fiquem dentro do valor da primeira faixa livre de imposto de renda, atualmente em R$ 1.903,98.

A taxação é uma das estratégias do Ministério da Fazenda para aumentar a arrecadação do governo federal em até R$ 150 bilhões e sustentar as metas do novo arcabouço fiscal, regra que vai substituir o teto de gastos públicos. O Ministério da Fazenda espera arrecadar de R$ 12 bilhões a R$ 15 bilhões por ano com a taxação das apostas.

Acompanhe tudo sobre:estrategias-de-marketingEsportesApostas esportivasFutebol

Mais de Marketing

Dia das Mães: Boticário, Burger King e outras marcas apostam em campanhas para a data

Latam e Movimento União BR transportam 10 toneladas de cobertores e cestas básicas para o RS

De Bombril a Morumbis, relembre 24 comerciais que marcaram época

O caminho dos CMOs rumo aos conselhos de administração

Mais na Exame