Invest

Dividendos estão em ‘promoção’ na Bolsa, diz analista; veja 5 recomendações

Enquanto preço das ações desabou no primeiro semestre, potencial de distribuição de dividendos das empresas aumentou; entenda

Empíricus
Empíricus

Conteúdo Promocional

Publicado em 6 de julho de 2024 às 08h00.

Julho pode até ter começado promissor para a Bolsa de Valores brasileira, mas o ano de 2024 tem sido de notícias predominantemente negativas para o Ibovespa.

No âmbito local, as preocupações fiscais têm afetado a curva de juros e atrapalhado a performance dos ativos de risco brasileiros. No ambiente externo, o adiamento da queda dos juros nos Estados Unidos também contribuiu para o primeiro semestre ruim para o Ibovespa, que caiu -7,6% no período.

No entanto, o analista Ruy Hungria, da Empiricus, destacou algumas ações que dão um “conforto extra” aos investidores, pois geram retornos independente da variação no preço das ações: as pagadoras de dividendos.

“No fim do dia, o investidor de dividendos está recebendo um fluxo trimestral ou semestral, independente dessa variação. Não é porque a ação vai subir mais que ela vai pagar mais dividendos. As ações de dividendos acabam sendo um porto seguro dentro da renda variável”.

Por que o cenário é ideal para comprar boas pagadoras de dividendos?

Isso porque o pagamento de dividendos está muito mais relacionado aos resultados operacionais das companhias do que com os altos e baixos da bolsa ou da economia como um todo.

Com parte das empresas apresentando lucros crescentes – depois de um longo período de alta da Selic –, a tendência é que os dividendos pagos aos acionistas também cresçam.

“Se você tem crescimento de dividendos de um lado e queda das ações por conta do fluxo de notícias negativas do outro, significa dividend yields melhores. Você está pagando mais barato por um dividendo que está igual ou aumentando”.

Portanto, o momento possibilita comprar boas ações pagadoras de dividendos a preços atrativos. Isso permite que o investidor ganhe com os proventos e, ao mesmo tempo, surfe a “volta” do Ibovespa.

“O que não dá é para ficar fora, porque as coisas podem melhorar muito rápido. De uma hora para outra podem ter dados de inflação e trabalho nos EUA que corroborem o corte na taxa de juros e um mínimo ajuste fiscal no Brasil e a bolsa subir 15% em questão de semanas”, recomenda o analista.

É claro que comprar qualquer empresa que paga dividendos não é a solução. É importante investir em empresas de qualidade, que apresentam fundamentos sólidos e motivos concretos para se valorizar com a retomada do bom humor.

Neste sentido, Ruy Hungria recomenda cinco ações pagadoras de dividendos que estão em ótimo ponto de entrada na B3 (você pode conferir as cinco neste link).

Especialista abre suas cinco ações de dividendos preferidas para comprar agora; acesse 

São ações de empresas com balanços sólidos, geradoras de caixa e que estão baratas na Bolsa de Valores.

Vale destacar que o analista é responsável, junto ao co-fundador da Empiricus, Rodolfo Amstalden, pela carteira de dividendos da casa, que já rendeu quase 160% do Ibovespa desde a criação, em 2014.

As cinco ações escolhidas a dedo pelo analista unem o melhor dos dois mundos:

  • Dividendos atrativos; e
  • Alto potencial de valorização.

Para se ter ideia, uma das ações recomendadas subiu 10% apenas nos dois primeiros pregões de julho – e segundo Hungria, tem espaço para muito mais.”À medida que o mercado oferece oportunidades, aproveitamos”.

A boa notícia é que você pode acessar a tese completa das cinco ações selecionadas gratuitamente, como uma cortesia da Empiricus, empresa do grupo BTG Pactual.

Para acessar, é rápido e simples: basta clicar neste link ou no botão abaixo e preencher o seu e-mail para que as informações sejam enviadas.

GRÁTIS: AS MELHORES PAGADORAS DE DIVIDENDOS PARA COMPRAR AGORA, SEGUNDO A EMPIRICUS

*Este conteúdo é apresentado por Empiricus.

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Invest

Gustavo Franco: Palavras ao vento

Nem XPML11, nem MXRF11: veja 5 FIIs promissores em julho, segundo a Empiricus

Quanto tempo morando junto tem direito à herança?

O que é payroll e como ele impacta no mercado financeiro?

Mais na Exame