Acompanhe:

As ações da Vale (VALE3) lideram o ranking das recomendações de bancos, corretoras e casas de análise para o mês de dezembro. Os papéis da companhia estão presentes em 10 das 12 carteiras consultadas pela EXAME Invest.

ONDE INVESTIR EM 2024: Acesse o relatório gratuito com as melhores oportunidades para 2024 de acordo com o BTG Pactual

Vale (VALE3)

Sobre a Vale (VALE3), os analistas do BTG Pactual (mesmo grupo controlador da EXAME) afirmam que estão mais confiantes de que o pior momento operacional da empresa ficou para trás e que a produção/vendas e o desempenho de custos deverão continuar a melhorar no futuro.

“Projetamos que o quatro trimestre apresentará uma evolução positiva em todas as frentes: volumes, preços e custos – destaque de crescimento de lucros dentro da nossa cobertura. A Vale também continua sendo um dos nossos nomes preferidos para exposição à reaceleração da economia chinesa, à medida que o governo se esforça para atingir sua meta de crescimento de ~5% para o ano (as medidas de estímulo devem continuar sendo feitas)”, disseram em relatório divulgado.

Os preços do minério de ferro continuam se mantendo elevados (já em US$130 por tonelada), com perspectivas de demanda saudável por parte da indústria siderúrgica chinesa. “A Vale negocia a 4x EV/EBITDA 24, e prevemos yields de 12-13% para 2023/24, incluindo recompras.”

Os analistas da Ágora disseram que apesar de todas as incertezas vindas da economia global, em especial com os rumos da atividade na China,  os preços do minério de ferro estão em quase US$ 140 por tonelada, sinalizando que a dinâmica do mercado físico é saudável.

“Em função desse cenário, o EBITDA da Vale (US$ 4,5 bilhões) subiu 8% no trimestre, beneficiado por maiores volumes de minério de ferro, preços mais altos e, principalmente, custos mais baixos. De fato, esse desempenho do custo foi o principal destaque positivo (em US$ 21,90/tonelada, lembrando que o guidance para o ano é de US$ 21,50 a 22,50).”

Os analistas afirmam ainda que as ações são negociadas com múltiplo EV/EBITDA para 2024 está muito descontado em relação aos seus pares globais (em torno de 15%). “Vemos alguma proteção para o desempenho das ações no curto prazo, enquanto a empresa entra em um período de sazonalidade positiva para os volumes exportados de minério de ferro, justificando a permanência do ativo em carteira neste momento.

Itaú Unibanco (ITUB4)

Itaú Unibanco aparece na segunda colocação com seis recomendações.

Para os analistas do BTG Pactual, as ações do Itaú é a top pick entre os bancos brasileiros, apresentando forte crescimento comercial nos últimos trimestres, impulsionado por uma transformação cultural. O BTG projeta um lucro líquido do Itaú crescendo 15% a/a, após crescer ~20% em 2022. " O Itaú continua mostrando um conjunto de resultados que se destaca em relação aos seus pares, principalmente devido à qualidade de seus ativos, garantindo inclusive um nível mais controlado de inadimplência (melhor que nossas expectativas)." 

Já na terceira colocação estão as ações da Localiza (RENT3), Prio (PRIO3), BTG Pactual ((BPAC11), Gerdau (GGBR4) e Petrobras (PETR4). Todas com quatro recomendações. Veja ranking abaixo: 

AçãoRecomendação
Vale (VALE3)10
Itaú Unibanco (ITUB4)6
Localiza (RENT3)4
Prio (PRIO3)4
Banco BTG Pactual (BPAC11)4
Gerdau (GGBR4)4
Petrobras (PETR4)4
JBS (JBSS3)3
WEG (WEGE3)3
Petrobras (PETR4)3
Cyrela (CYRE3)3
Copel (CPLE6)2
Ecorodovias (ECOR3)2
Sabesp (SBSP3)2
Klabin (KLBN11)2
Eletrobras (ELET32
Embraer (EMBR3)2
Equatorial (EQTL32
B3 (B3SA3)2
Yduqs (YDUQ3)2
Eletrobras (ELET3)2
Carrefour (CRFB3)1
Natura (NTCO3)1
CTEEP (TRPL4)1
Multiplan (MULT3)1
Raia Drogasil (RADL3)1
Banco do Brasil (BBASE3)1
C&A (CEAB3)1
Cury (CURY3)1
Direcional (DIRR3)1
Kepler Weber (KEPL3)1
PetroReconcavo (RECV3)1
Sanepar (SAPR11)1
Mercado Livre (MELI34)1
Vibra Energia (VBBR3)1
Arezzo (ARZZ3)1
CBA (CBAV3)1
Cielo (CIEL3)1
Engie (EGIE3)1
Enauta (ENAT3)1
Suzano (SUZB3)1
Azul (AZUL4)1
Energisa (ENGI11)1
Hapvida (HAPV3)1
Iguatemi (IGTI11)1
Neoenergia (NEOE3)1
Raízen (RAIZ4)1
Allos (ALOS3)1
Centauro (SBFG3)1
Cosan (CSAN3)1
EcoRodovias (ECOR3)1
Embraer (EMBR3)1
Rede D'or (RDOR3)1
Ambev (ABEV3)1
CCR (CCRO3)1
Lojas Renner (LREN3)1
Vivo (VIVT3)1
Hypera (HYPE3)1
3R Petroleum (RRRP3)1
Bradesco (BBDC4)1

Ágora Investimentos

Ação excluída: WEG
Ação incluída: Localiza

AçãoPeso (%)
Carrefour (CRFB3)10
Copel (CPLE6)10
Ecorodovias (ECOR3)10
Itaú Unibanco (ITUB4)10
JBS (JBSS3)10
Localiza (RENT3)10
Natura (NTCO3)10
Prio (PRIO3)10
Sabesp (SBSP3)10
Vale (VALE3)10

BB Investimentos

Não houve alteração na carteira.

AçãoPeso (%)
Banco BTG Pactual (BPAC11)10
CTEEP (TRPL4)10
Gerdau (GGBR4)10
Itaú Unibanco (ITUB4)10
Klabin (KLBN11)10
Multiplan (MULT3)10
Petrobras (PETR4)10
Raia Drogasil (RADL3)10
Vale (VALE3)10
WEG (WEGE3)10

Benndorf Research

Ação excluída: Itaú Unibanco, Prio, SLC Agrícola, Inter, Vivo Telefônica e BB Seguridade
Ação incluída: Sanepar, Petrobras, Direcional, Cury, Petroreconcavo e C&A

AçãoPeso (%)
JBS (JBSS3)10
Banco do Brasil (BBASE3)20
C&A (CEAB3)10
Cury (CURY3)10
Direcional (DIRR3)10
Kepler Weber (KEPL3)7
Petrobras (PETR4)9
PetroReconcavo (RECV3)5
Sanepar (SAPR11)4
Vale (VALE3)15

BTG Digital

Ação excluída: BB seguridade e Prio
Ação incluída: Banco do Brasil e Petrobras 

Banco do Brasil (BBAS3)10
Eletrobras (ELET3)10
Embraer (EMBR3)5
Equatorial (EQTL3)10
Itaú Unibanco (ITUB4)10
Localiza (RENT3)10
Mercado Livre (MELI34)15
Petrobras (PETR4)10
Vale (VALE3)10
Vibra Energia (VBBR3)10

CM Capital

Ação excluída: Alliar, Eletrobras, Enauta, Fleury, Irani, Itaú Unibanco, Meliuz, Telefônica Vivo e Vibra
Ação incluída: Arezzo, B3, BTG Pactual, CBA, Cielo, Engie, Enauta, Gerdau e Klabin

AçãoPeso (%)
Arezzo (ARZZ3)10
B3 (B3SA3)10
BTG Pactual (BPAC11)10
CBA (CBAV3)10
Cielo (CIEL3)10
Engie (EGIE3)10
Enauta (ENAT3)10
Gerdau (GGBR4)10
Klabin (KLBN11)10
Suzano (SUZB3)10

Genial Investimentos

Ação excluída: Engie, Eletrobras, Hidrovias, Marcopolo, Porto Seguro, Smart Fit e Taesa
Ação incluída: Azul, Energisa, Gerdau, Hapvida, Iguatemi, Vale e Yduqs

AçãoPeso (%)
Azul (AZUL4)10
Energisa (ENGI11)10
Gerdau (GGBR4)10
Hapvida (HAPV3)10
Iguatemi (IGTI11)10
Neoenergia (NEOE3)10
Prio (PRIO3)10
Raízen (RAIZ4)10
Vale (VALE3)10
Yduqs (YDUQ3)10

Guide

Ação excluída: JBS, Banco do Brasil e Vivara
Ação incluída: Embraer, BTG Pactual e Centauro

AçãoPeso (%)
Allos (ALOS3)10
BTG Pactual (BPAC11)10
Centauro (SBFG3)10
Cosan (CSAN3)10
EcoRodovias (ECOR3)10
Embraer (EMBR3)10
Rede D'or (RDOR3)10
Sabesp (SBSP3)10
Vale (VALE3)10
YDUQS (YDUQ3)10

Nova Futura 

Ação excluída: BB Seguridade, Prio, SLC Agrícola e Suzano
Ação incluída: BTG Pactual, CCR, Cyrela e Lojas Renner

AçãoPeso (%)
Ambev (ABEV3)10
BTG Pactual (BPAC11)10
CCR (CCRO3)10
Cyrela (CYRE3)10
Itaú Unibanco (ITUB4)10
JBS (JBSS3)10
Lojas Renner (LREN3)10
Vale (VALE3)10
Vivo (VIVT3)10
WEG (WEGE3)10

Pagbank

Ação excluída: Telefônica Vivo, BB Seguridade e Multiplan
Ação incluída: TIM, Movida e Vivara

AçãoPeso (%)
ASSAÍ (ASAI3)10
Copel (CPLE6)10
Direcional (DIRR3)10
Itaú (ITUB4)10
Movida (MOVI3)10
Prio (PRIO3)10
Tim (TIMS3)10
TOTVS (TOTS3)10
Vale (VALE3)10
Vivara (VIVA3)10

Planner

Ação excluída: ABC Brasil, Engie, Multiplan e Porto Seguro
Ação incluída: Direcional, Prio, São Martinho e WEG

AçãoPeso (%)
Arezzo (ARZZ3)10
BB Seguridade (BBSE3)10
Direcional (DIRR3)10
Odontoprev (ODPV3)10
Prio (PRIO3)10
São Martinho (SMTO3)10
SLC Agrícola (SLCE3)10
Taesa (TAEE11)10
Telefônica Vivo (VIVT3)10
WEG (WEGE3)10

Santander

Não houve alteração na carteira.

AçãoPeso (%)
Banco do Brasil (BBAS3)10
Cyrela (CYRE3)8
Equatorial (EQTL3)9
Itaú Unibanco (ITUB4)10
Localiza (RENT3)10
Petrobras (PETR3)12
Totvs (TOTS3)9
Vale (VALE3)13
Vibra (VBBR3)10
Vivara (VIVA3)9

Terra Investimentos

Ação excluída: Totvs e Marfrig
Ação incluída: Cyrela e B3

AçãoPeso (%)
3R Petroleum (RRRP3)10
B3 (B3SA3)10
Bradesco (BBDC4)10
Cyrela (CYRE3)10
Eletrobras (ELET3)10
Gerdau (GGBR4)10
Hypera (HYPE3)10
Localiza (RENT3)10
Lojas Renner (LREN3)10
Vale (VALE3)10

CarteiraDesempenho em novembro
Terra Investimentos18,38%
Guide15,74%
Ágora Investimentos15,25%
Santander15,20%
Pagbank13,09%
BTG Digital13,06%
BB Investimentos10,01%
Benndorf Research9,91%
CM Capital9,50%
Planner9,01%
Genial Investimentos8,13%
Nova Futura8,02%

Desempenho das carteiras em outubro e acumulado do ano

A EXAME Invest acompanha mensalmente o desempenho das carteiras recomendadas enviadas pelas corretoras e bancos. Veja abaixo o desempenho das carteiras no mês de novembro e acumulado do ano até o mês passado:

CarteiraDesempenho em novembro
Terra Investimentos18,38%
Guide15,74%
Ágora Investimentos15,25%
Santander15,20%
Pagbank13,09%
BTG Digital13,06%
BB Investimentos10,01%
Benndorf Research9,91%
CM Capital9,50%
Planner9,01%
Genial Investimentos8,13%
Nova Futura8,02%

Carteira em 2023

CarteiraDesempenho acumulado até novembro
Benndorf Research37,15%
BTG Digital24,04%
Planner21,78%
Santander17,91%
Guide16,64%
Terra Investimentos7,11%
Pagbank6,57%
BB Investimentos4,76%
Nova Futura3,94%
CM Capital2,66%
Genial Investimentos1,88%
Ágora Investimentos1,59%

Confira as últimas notícias de Invest:

*Matéria em atualização

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Itaú (ITUB4) aumenta em 100% a distribuição de lucros aos acionistas
seloOnde Investir

Itaú (ITUB4) aumenta em 100% a distribuição de lucros aos acionistas

Há 2 dias

Especialistas liberam análises dos balanços do 4T23 gratuitamente; acesse
seloOnde Investir

Especialistas liberam análises dos balanços do 4T23 gratuitamente; acesse

Há 2 dias

Conheça a metodologia do prêmio Melhores do Mercado da EXAME 2024
seloOnde Investir

Conheça a metodologia do prêmio Melhores do Mercado da EXAME 2024

Há 2 dias

Inflação desacelera na Argentina, mas é a maior em 30 anos: vale a pena investir?
seloOnde Investir

Inflação desacelera na Argentina, mas é a maior em 30 anos: vale a pena investir?

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais