Acompanhe:

Santander reduz taxas para financiamento de imóveis

Taxas mínimas chegam a 8,8% e valem para clientes que contratarem pacote de serviços de R$ 45 mensais

Modo escuro


	Agência Santander: Taxas variam de acordo com o relacionamento do cliente com o banco
 (EXAME.com)

Agência Santander: Taxas variam de acordo com o relacionamento do cliente com o banco (EXAME.com)

P
Priscila Yazbek

Publicado em 10 de agosto de 2012, 13h29.

São Paulo - O Santander anunciou hoje reduções de taxas para o financiamento de imóveis. Para clientes que aderirem ao pacote Serviços Imobiliários Van Gogh, as taxas mínimas praticadas passam a ser de 9,5% ao ano, mais a Taxa Referencial (TR), para financiamentos de imóveis com valor abaixo de 500.000 reais, e 10% ao ano mais TR para imóveis acima deste valor. E para clientes que aderirem aos serviços Van Gogh e trouxerem a conta-salário ao banco, as taxas mínimas serão de 8,8% ao ano mais TR, para imóveis com valor inferior a 500.000 reais, e de 9,5% mais TR para imóveis com valores superiores. 

Para fazer a adesão ao pacote de serviços Van Gogh e poder desfrutar das taxas reduzidas, o cliente deve pagar 45 reais mensais e deve se manter no plano por, no mínimo, seis meses (período de carência). O pacote, além de oferecer taxas reduzidas, oferece serviços de assessoria ao cliente para compra do imóvel, desconto de 25% no seguro do imóvel e em outras modalidades de seguro e também taxas diferenciais para outras linhas de investimento, como em CDB e previdência. 

Para clientes que não contratarem os serviços do pacote Van Gogh, as taxas continuam as mesmas. Segundo José Roberto Machado, diretor executivo de negócios imobiliários do banco, a taxa média das linhas de crédito imobiliário praticadas anteriormente pelo banco e também fora do serviço Van Gogh é de 10,5% e a taxa máxima, que não foi modificada, é de 11%. 

Machado explica que as reduções visam a trazer mais clientes ao banco e também aumentar o volume de transações de quem já é correntista. “O banco entende a importância do produto, não só no relacionamento de longo prazo com o cliente, como na carteira de crédito de outros ativos do banco. O cliente que tem crédito imobiliário realiza um volume de transações 30% maior do que os outros clientes, descontando a transação do crédito imobiliário”, explica.

As novas taxas estão valendo desde o dia 7 de julho. A contratação do financiamento pode ser feita nas agências do Santander em todo Brasil e, segundo o banco, 75% dos financiamentos são aprovados imediatamente. Os prazos do financiamento podem chegar a 35 anos.