Invest

Itaú lança feirão e permite parcelamento de dívidas em 73 vezes

Feirão do Itaú permitirá parcelamento de suas dívidas, redução nas taxas de juro ou descontos em caso de quitação à vista

Itaú Unibanco (ITUB4) (Pilar Olivares/Reuters)

Itaú Unibanco (ITUB4) (Pilar Olivares/Reuters)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 23 de novembro de 2020 às 16h30.

Última atualização em 23 de novembro de 2020 às 16h44.

O Itaú Unibanco inicia na terça-feira, 24, um feirão para negociação de dívidas. O evento é uma oportunidade para que os clientes do banco consigam parcelar suas dívidas, tenham redução nas taxas de juros ou descontos em caso de quitação à vista. 

A renda fixa morreu? Nada disso, mas conhecimento nunca foi tão importante. Saiba mais na EXAME Research

A estimativa do Itaú é que a iniciativa alcance 12 milhões de pessoas físicas ou jurídicas em todo o país. Segundo o Itaú, serão oferecidos novas condições para pagamento de parcelas de empréstimos e faturas de cartões de crédito em atraso. Além disso,  o reparcelamento pode chegar a 73 vezes. Quanto maior o valor da entrada paga pelo cliente, melhores as condições da proposta.”

Os interessados podem acessar o app do Itaú ou o site https://renegociefacil.itau.com.br/ (em caso de esquecimento da senha eletrônica ou conta inativa), além dos canais tradicionais de atendimento, até 11 de dezembro de 2020.

“Essa ação ganhou nova relevância em um ano tão atípico como esse. Ficar no ‘vermelho’ é uma situação mais comum do que se imagina: em 2019, mais de 61 milhões de brasileiros encerraram o ano inadimplentes — e ao fim de 2020 devemos ver esse número aumentar. O feirão é mais uma de nossas iniciativas para atenuar a situação e ajudar nosso cliente a ter uma recuperação mais rápida”, afirmou Alexandre Borin, diretor de recuperação do varejo do Itaú Unibanco.

Acompanhe tudo sobre:BancosDívidasItaúLimpeza de nome

Mais de Invest

Renda passiva: veja como fazer o dinheiro trabalhar por você

Casal que ganhou R$ 324 milhões em loteria americana perde fortuna com investimentos mal-sucedidos

INSS volta a exigir perícia médica para prorrogar 'auxílio-doença'; entenda

Conheça as vantagens do Cartão BTG Black e saiba como pedir o seu

Mais na Exame