Crédito imobiliário cresceu 25% em março, aponta Abecip

Os financiamentos imobiliários com recursos da poupança cresceram na comparação com fevereiro; frente ao mesmo período do ano passado, houve queda de quase 20%
Imóveis: financiamentos atingiram R$ 14,8 bilhões em março de 2022 (Leandro Fonseca/Exame)
Imóveis: financiamentos atingiram R$ 14,8 bilhões em março de 2022 (Leandro Fonseca/Exame)
D
Da redação

Publicado em 26/04/2022 às 15:08.

Última atualização em 26/04/2022 às 15:13.

Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 14,8 bilhões em março de 2022. Trata-se de um aumento de 25,3% na comparação com fevereiro. Já frente a março do ano passado, houve uma redução de 19,7%.

No primeiro trimestre do ano, o montante financiado somou R$ 41,21 bilhões, queda de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) nesta terça-feira, dia 26 de abril.

No período de 12 meses encerrado em março, o valor financiado foi de R$ 203,40 bilhões, alta de 38,4% em relação aos 12 meses anteriores.

Imóveis financiados

Em relação aos imóveis financiados, nas modalidades de aquisição e construção, foram 63,6 mil imóveis, alta de 22,5% na comparação de fevereiro e queda de 23%, frente a março do ano passado.

No primeiro trimestre de 2022, foram financiados 176,05 mil imóveis com recursos da poupança do SBPE, resultado 6,6% inferior ao observado em igual período de 2021. Nos 12 meses encerrados em março de 2022, foram financiados 853,94 mil imóveis com recursos da poupança do SBPE, elevação de 59,3% comparativamente aos 12 meses anteriores.