FRANÇA x DINAMARCA:

Acompanhe lance a lance a partida da Copa do MundoVeja agora.

Petrobras (PETR3/PETR4) tem lucro de R$ 54,3 bilhões no 2º tri, alta de 27%

Estatal supera projeções de analistas para o segundo trimestre de 2022; distribuição de dividendos chega a quase R$ 88 bilhões
 (Germano Lüders/Exame)
(Germano Lüders/Exame)
Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Publicado em 28/07/2022 às 20:19.

Última atualização em 28/07/2022 às 22:11.

A Petrobras (PETR3;PETR4) reportou um lucro líquido de R$ 54,3 bilhões no segundo trimestre, alta de 26,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado superou a estimativa de analistas, que projetavam um lucro na casa dos R$ 40 bilhões.

A alta do petróleo no período foi a principal responsável pela alta, segundo a companhia. O resultado também foi impactado positivamente pelo ganho de capital de R$ 14,2 bilhões referente ao acordo de coparticipação em Sépia e Atapu, nos quais a Petrobras irá atuar como operadora em parceria com outras empresas.

O lucro bruto para o segundo trimestre foi de R$ 95,8, ganho de 68% ante o mesmo período de 2021. Por sua vez, a receita líquida de vendas da companhia no período foi de R$ 170,9 bilhões, crescendo 54,4% na comparação anual.

O Ebitda [principal indicador de caixa operacional da companhia]  ajustado foi de R$ 98,2 bilhões, superando o consenso Bloomberg que estimava um resultado de R$ 91,3 bilhões. O resultado foi 58,6% maior frente ao segundo trimestre de 2021.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

"Os resultados do segundo trimestre de 2022 mostram a resiliência e a solidez da Companhia, que é capaz de gerar resultados sustentáveis, seguindo com sua trajetória de criação de valor", informou o diretor financeiro e de relacionamento com investidores, Rodrigo Araujo Alves, em carta divulgada junto ao relatório financeiro.

Os dividendos também surpreenderam o mercado. A companhia confirmou que o conselho de administração aprovou o pagamento de R$ 87,8 bilhões em dividendos com base nos resultados do 2º trimestre de 2022. A estimativa era de que os dividendos ficassem na casa dos R$ 70 bilhões. O anúncio foi realizado mais cedo, durante o pregão, via fato relevante.

Veja também