Invest

Itaú (ITUB4) vai pagar R$ 11 bilhões em dividendos; saiba o valor por ação

Banco aprovou pagamento de R$ 1,125 por ação referente ao resultado de 2023

Itaú: maior banco privado brasileiro tem lucro acumulado de R$ 35,6 bilhões em 2023 (Itaú/Divulgação)

Itaú: maior banco privado brasileiro tem lucro acumulado de R$ 35,6 bilhões em 2023 (Itaú/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 5 de fevereiro de 2024 às 19h26.

Última atualização em 6 de fevereiro de 2024 às 16h34.

O Itaú (ITUB4) anunciou nesta terça-feira, 31, que irá pagar R$ 191,72 milhões em dividendos referente ao resultado da empresa em 2023. 

O maior banco privado brasileiro registrou um lucro de R$ 35,618 bilhões no acumulado de 2023, ganhos de 15,7% frente ao resultado de 2022.

Quanto o Itaú (ITUB4) vai pagar em dividendos por ação?

O acionista receberá o valor de R$ 1,125125 por ação.

Quem tem direito a receber os dividendos do Itaú (ITUB4)?

A data de corte (data com) para os detentores de ações de emissão do Itaú negociadas na B3 é o dia 21 de fevereiro de 2024. Os papéis passam a ser negociados sem direito ao JCP em 22 de fevereiro.

Quando os dividendos do Itaú (ITUB4) serão pagos?

O pagamento será efetuado no dia 8 de março de 2024.

Itaú (ITUB4) aprova novo programa recompra de ações

Além dos lucros apresentados pelo Itaú, o conselho de administração decidiu encerrar o antigo programa de recompra de ações, que se encerraria em 24 de fevereiro de 2024. 

O encerramento foi acompanhado do lançamento de um novo programa, que vai permitir a aquisição de até 75 milhões de ações preferenciais da empresa – sem isso afetar o valor do capital social.

Como escolher ações?

Uma das formas mais eficazes de avaliar se vale a pena ou não comprar ações de determinada empresa, é acompanhar a divulgação de seus resultados. Afinal, além da política macroeconômica e da percepção de mercado sobre a companhia, os números que ela apresenta influenciam diretamente o desempenho de seus papeis na bolsa.

Para ter acesso a estes resultados, os investidores devem olhar para dois documentos divulgados trimestralmente, durante a chamada temporada de balanços, pelas empresas: o balanço patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Neles, é possível encontrar informações importantes para o processo de avaliação de uma empresa, como receita, lucro líquido, despesas, linhas operacionais, dentre outras. Saiba mais aqui.

Veja também

Acompanhe tudo sobre:DividendosItaú

Mais de Invest

Como consultar o saldo do FGTS? Veja passo a passo

Ibovespa opera em leve alta, mas ainda na casa dos 119 mil pontos com temor fiscal em foco

Abono salarial PIS/Pasep 2024: veja calendário de pagamento

‘Imposto das blusinhas’ pode virar lei; o jogo muda para o investidor?

Mais na Exame